Zé Aldemir diz que Gobira é avalista da Andaime e da Calvário; sapateiro rebate que prefeito é avalista da Lava Jato

TATYANA
0
AM3 – 250×250

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP), disse que foi surpreendido com a atitude do sapateiro Antônio Gobira quando o mesmo se alinhou politicamente ao grupo dos ex-prefeitos Carlos Antônio e Denise Albuquerque, anunciando sua filiação ao Cidadania, partido do governador João Azevedo.

Nos últimos dias, Gobira havia recebido em sua residência o prefeito José Aldemir, onde houve uma conversa sobre política. Dias após a visita do gestor ao sapateiro, Gobira apareceu posando em fotos nas redes sociais com o deputado estadual licenciado Junior Araújo (Avante).

Insatisfeito, Zé Aldemir disse que Gobira condenava o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) da forma mais veemente possível e hoje está aliado do socialista condenado preso com a tornozeleira na perna e o mesmo estaria contribuído agora para corrupção, ladroeira, vergonha e a bandidagem.

O prefeito de Cajazeiras foi mais além em suas declarações ao dizer que “Gobira deve ter autenticidade ir à imprensa afirmar: ‘eu agora sou avalista da operações Calvário e Andaime”, disparou.

CLIQUE AQUI E OUÇA

Gobira rebate diz que prefeito é avalista da Lava Jato

O suplente de deputado federal Antônio Gobira (Cidadania) rebateu as criticas feitas pelo prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (PP), que em participação nas emissoras de rádio, disse que Gobira era avalista das operações Andaime e Calvário.

O gestor lamentou profundamente a filiação de Gobira ao partido Cidadania e das alianças concretizadas com governador João Azevedo, a ex-prefeita Denise Albuquerque e o deputado estadual licenciado e agora secretário de estado Júnior Araújo (Avante).

“O prefeito de Cajazeiras não tem moral de falar de mim e das minhas decisões. O senhor é aliado e anda com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro que é acusado de desviar quase R$ 400 milhões. Quem está dizendo não sou eu, e sim, o Ministério Público Federal e Procuradoria Geral da República. Que dizer que posso dizer que o senhor é avalista da operação Lava Jato? O senhor veio me procurar, dizendo que eu era bom e agora não presto mais porque não aceite sua proposta,” frisou.

CLIQUE AQUI E OUÇA

COM INFORMAÇÕES DE: FM RURAL BLOG DO SILVANO DIAS RESENHA POLITIKA
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.