Vituriano utiliza redes sociais para ‘intercâmbio silencioso’


Uma das principais características de um grande político é a popularidade. Na rua, o político de destaque precisa estar, literalmente, nos braços do povo. Os avanços tecnológicos, no entanto, têm proporcionado uma nova maneira de ser popular. Com o tempo, o eleitor também virou “seguidor”, como no Twitter, ou “amigo”, como no Facebook, o que garantiu aos políticos um novo caminho para chegar à população. Mostrando que estão atentos às mudanças, os deputados estaduais paraibanos têm sido figurinhas fáceis nos ambientes virtuais. Dos 36 parlamentares, por exemplo, ao menos 22 (61%) mantêm contas ativas em uma dessas redes.

O uso das redes sociais, no entanto, não é privilégio da “nova safra” de parlamentares. Para alguns membros da “velha guarda” política, a utilização de redes sociais também faz parte do dia-a-dia. “Tenho meu grupo, participo de todas essas redes onde colaboro e recebo colaboração”, garantiu Vituriano de Abreu (PSC). “Na minha ótica, é um dos melhores instrumentos que temos, não só para a divulgação pessoal, mas para fazer um intercâmbio silencioso”.

Vituriano de Abreu, que mantém base política na cidade de Cajazeiras, defende que as redes sociais são importantes, até mesmo no Interior. “É possível que algumas cidades andem devagar, mas elas vão avançar. Cajazeiras, por exemplo, vive disso. Uma cidade que tem sete rádios no ar trabalhando notícias retiradas, em sua maioria das redes sociais. As cidades que não chegaram nesse ponto vão chegar em breve”, acredita.

Com reportagem de Arthur Araújo para o Correio da Paraíba

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *