Vereadores de Cajazeiras e Sinfumc formalizam denúncia contra o Ipam no Tribunal de Contas da PB

TATYANA
AM3 – 250×250

[dropcap style=’box’]A[/dropcap]pós várias reuniões para debater sobre a problemática dos repasses financeiros ao Instituto de Previdência e Assistência Social do Município (Ipam), por parte e dever da Prefeitura Municipal de Cajazeiras, os vereadores Rivelino Martins (PSB), Lindberg Lira (PTB) e a direção do Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (Sinfumc), foram à sede ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE), para formalizar denúncia em desfavor do referido órgão previdenciário.

Em Sessão Ordinária realizada em 30/10, na Câmara Municipal, Rivelino Martins explicitou o tamanho do “rombo” e desorganização administrativa, como prática comum no trato com aquele estabelecimento público e suas reservas.

De acordo com o parlamentar socialista, pelas prestações de contas até 31 de dezembro de 2016, haviam depositados cerca de R$ 8 milhões em reservas, porém, atualmente encontram-se depositados apenas R$ 336.651,52.

A situação fez com que o vereador e demais pares observassem a dimensão do problema e, juntamente com a direção do Sinfumc, uma das principais entidades interessadas na causa, solicitassem uma minuciosa investigação para saberem qual destino os recursos estão tomando.

COM INFORMAÇÕES DA FM RURAL

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.