Uma noite histórica

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

COISAS DE CAJAZEIRAS
UNIFORMES UTILIZADOS PELO ATLÉTICO DE CAJAZEIRAS AO LONGO DOS ANOS (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Não poderia ser mais linda à noite do dia 20 de julho deste mesmo ano, sexta feira, quando, lá no belo e histórico Casarão dos Sobreiras, onde está instalada a Secretaria de Cultura e que em breves dias, com ajuda dos cajazeirenses e cajazeirados, com as bênçãos de Deus e do Padre Rolim, estaremos iniciando a construção do Museu de Cajazeiras, idealizamos a Exposição que marcou os 70 anos de Fundação do Atlético Cajazeirense de Desportos.

Abro espaço aqui para enaltecer o meu amigo irmão, Ubiratan de Assis, Bira, como nos comunicamos, ele foi de uma integração total a este projeto, acreditou, apoiou e por fim se emocionou quando o viu pronto. Como disse no inicio deste editorial, foi uma noite alegre, divertida, cultural e que contou com a presença de ilustres torcedores, atletas e dirigentes de ontem, do nosso amado clube.

Na exposição, feita com dificuldades que foram vencidas pelo nosso amor, imenso carinho e profunda dedicação a Cajazeiras e às suas “coisas”, se fez uma viagem no túnel do tempo, bem verdade que, muitas coisas que poderiam ser mostradas, fomos impedidos de trazê-las à mostra, pelos poucos recursos financeiros conseguidos para tal.

Mas, nada que impeça a vaidade do cajazeirense e principalmente do atleticano de falar em alto e bom som que, o seu clube tem uma história e, que ela está cada vez mais ativa, construída em um alicerce bem fincado no solo do futebol brasileiro.

Quanto à exposição, uma viagem no túnel do tempo quando decidimos abrir o baú do Atlético Cajazeirense de Desportos. Passeamos pela história da sua fundação e trouxemos a diretoria de 1959 e os dirigentes de ontem e de hoje. Fomos buscar todos os troféus conquistados, destaques para o primeiro título no amadorismo em 1959, a taça da conquista de 2003 em seu primeiro turno lá em Sousa e por fim as conquistas do Paraibano 2002, primeira divisão e, 2012 segunda divisão.

Mostramos a evolução das nossas camisas, destacando a primeira camisa do ano de 1949, a da conquista do primeiro titulo no profissional em 1994 e a camisa que ganhamos o campeonato paraibano em 2002 e, claro, a camisa do primeiro patrocinador oficial do clube, a Solinhares.

Não poderia faltar a galeria de fotos que estão a marcar os grandes times do futebol amador desde 1948 e os inesquecíveis times que formamos nesta era do profissionalismo, também, fizemos homenagens a figuras históricas deste clube: Dr. João de Deus Quirino, Francisco Anastácio, Abdon Cipriano Rocha e José Moreira Gonçalves. Foi realmente uma noite histórica.

VISITAÇÃO Empolgados pelo sucesso de cajazeirenses e cajazeirados que estiveram a prestigiar a exposição dos 70 anos do Atlético Cajazeirense de Desportos os Secretários, Ubiratan de Assis e José Anchieta adiantaram que ela vai continuar até a finalização da programação alusiva a semana da cidade em agosto. Tem mais, existe uma boa possibilidade da exposição ser aberta ao público nos finais de semana, anterior e posterior ao dia 22 de agosto isso para oportunizar os filhos dessa terra que sempre estão a visitar e a prestigiar as solenidades da terra do Padre Rolim. No momento a visitação acontece apenas pela manhã no horário das 8 às 11 horas.

CONHECENDO A HISTÓRIAAproveitando a exposição dos 70 anos do Atlético Cajazeirense de Desportos, vários professores de estabelecimentos de ensino da rede pública e privada desta cidade, estão levando os seus alunos para conhecer a história do clube de futebol que representa a nossa terra no campeonato paraibano. Um dos estabelecimentos que marcou presença dos seus alunos no Casarão dos Sobreiras foi o Colégio Estadual de Cajazeiras. A recepção por parte destes foi gratificante e todos demonstraram muita atenção quando o professor estava a explicar sobre as fotografias, documentos, camisas e troféus do Atlético.

BOLA DENTROPara que o nosso sonho de editar o livro álbum sobre os 70 anos de fundação do Atlético Cajazeirense de Desportos possa se concretizar. Que Deus possa nos presentear com essa história. Sonho que merece uma NOTA 10!

BOLA FORAPara as arbitragens brasileiras neste reinicio de brasileirão. Até parece que eles não acompanharam os jogos da Copa do Mundo. Lá, segue o jogo. Cá, o jogo é muito parado. Isso merece uma NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *