Um pouco da vida

A COLUNA DE RAFAEL HOLANDA

Tenho saudade dos momentos em que a minha vida era espaço de diversão, onde tudo se tornava alegria, mesmo diante de tempestades que assolavam minha pequena estrada da vida, composta por estreitas ruas de uma pequena cidade.

Saudades de viver em paz, de não encontrar entre muitos amigos os que viviam a perambular com a finalidade de produzir verdadeiras armadilhas, pois a sinceridade ainda era uma grande força.

Dos tempos verdadeiros, de uma alegria por inteiro que passeava por nossos momentos, levando ao mundo, este mundo só nosso, dotado de uma imensa felicidade, onde o hino da confiabilidade era advindo do céu. 

Dos velhos amigos que se perderam pelo caminho em decorrência de forças não explicadas, das professoras que nos encantavam com sua sabedoria e mostrava que, cada um tem a esperança de chegar ao final da estrada.

Dos nossos pais, grandes armas na nossa evolução, que no gesto sem igual sabia com certeza criar todos os seus filhos, enquanto muitos filhos não possuem a força para cuidar de seus pais. 

Das partidas de futebol, onde as canelas eram consideradas do pescoço para baixo, e no final apresentávamos ferimentos múltiplos que não representavam motivos para que houvesse a guarda de ressentimentos.

Das noites acalentadas pelo silencio de um apagão de forma obrigatória, pois a casa de força só tinha a sua capacidade de movimentar energia até as vinte e uma horas, dos barulhos estranhos sobre o telhado, que nossa mente era capaz de construir.

Das visitas as feiras levando em mãos os utensílios necessários para perturbar a paz das moças que vinham do sitio para cumprir o ritual de compras, e saiam com vestidos rasgados por termos colocados alfinetes entre um vestido e outro.

Dos infindáveis apelidos que chamávamos com os nossos conterrâneos , apenas com a finalidade de correr pelas ruas desencontradas da nossa cidade, das corujas feitas com pequenas folhas de jornais que empinávamos no pico maior de um sol abrasador.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *