Trotes já prejudicam atividades do Samu

TATYANA
AM3 – 250×250

Passados poucos dias da inauguração do Samu em Cajazeiras, desocupados já entopem o telefone 192 com trotes. Dia desses, uma senhora que havia caído de uma moto na Av. Engenheiro Carlos Pires de Sá precisou esperar o resgate por quase meia hora, pois a equipe havia se deslocado para atender uma emergência fictícia. E da sede do Samu pra Engenheiro não dá mais que três minutos, não.

É preciso que sejam realizadas campanhas educativas, envolvendo a administração municipal, clubes de serviço e imprensa, entre outros, com vistas a minimizar essa atitude dos mal-educados de plantão.

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.