Treinador do Atlético de Cajazeiras diz que entrada de Alef no segundo tempo foi estratégica


Com a vitória por 4 a 1 sobre o Serrano, o Atlético de Cajazeiras foi a quarta e última equipe a carimbar o passaporte para as disputas das semifinais do Campeonato Paraibano. O atacante Alef foi o grande destaque da partida. O jogador saiu do banco de reservas na volta para o segundo tempo para marcar dois gols e ajudar o time sertanejo a conseguir classificação. Com pouco tempo para comemorações, o treinador do Atlético, Cleibson Ferreira, já projeta a primeira partida contra o Botafogo-PB, na próxima quarta-feira, em Cajazeiras.

De acordo com o treinador do Atlético, a entrada de Alef no segundo tempo foi uma estratégia já prevista por ele. De acordo com Cleibson, no início do jogo ele priorizou dar um maior volume na área do Serrano, com um centroavante de área e a entrada de Alef só iria acontecer quando o Trovão Azul demonstrasse que precisava de uma maior velocidade para conclusão das jogadas de ataque. E assim foi feito. Logo aos dois minutos do segundo tempo Alef balançou as redes de Rafael Copetti e com um minuto de intervalo, fez mais um gol, o terceiro do Atlético.

– No primeiro momento, tentamos trabalhar com centroavante de área. Esta era uma deficiência que a equipe vinha apresentando. Não tínhamos presença de área e trabalhamos essa situação durante a semana. Neste de jogo optamos por deixar o Alef no segundo tempo, justamente para que, caso não estivesse dando certo, a gente exploraria uma situação diferente, de velocidade. No nosso primeiro tempo, a equipe estava parada e tentamos trabalhar a velocidade. Ele fez a diferença – disse o treinador.

A entrada do atacante realmente mudou a história do jogo. Após os dois gols marcados por ele, o Serrano não teve mais forças para tentar uma reação, além de que tirou todas as chances do Auto Esporte, que também lutava pela vaga na semifinal e goleou o Internacional-PB.

O confronto começou com o gol do Serrano aos 24 do primeiro tempo. Para o Cleibson, sofrer um gol logo no início não pode voltar a acontecer. Projetando dar um passo de cada vez, o treinador do Atlético está focado na primeira partida das semifinais vai acontecer já na próxima quarta-feira.

– Será um jogo difícil. Agora será um passo de cada vez. O momento nosso era passar para as semifinais e depois vamos trabalhar essa situação. Sabemos da qualidade do Botafogo, vamos trabalhar essa situação, analisar alguns jogos deles, vídeos, para não sermos surpreendidos com a qualidade do Botafogo – contou.

A primeira partida entre Atlético e Botafogo-PB vai acontecer na próxima quarta-feira, às 20h30, no Estádio Perpetão. Já o jogo de volta das semifinais está marcado para o domingo, às 18h30.

GLOBO ESPORTE

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *