Técnico do Atlético aproveita jogo contra Icasa para fazer experiências



A goleada de 4 a 0 para o Icasa no último amistoso antes da estreia no Campeonato Paraibano da 2ª divisão pode não ter agradado ao torcedor do Atlético de Cajazeiras. Mas para o técnico Jorge Pinheiro, o Trovão Azul está no caminho certo para conseguir o acesso este ano. O treinador destaca a importância de enfrentar um adversário de peso, uma vez que o time cearense se prepara para disputar o Campeonato Brasileiro da Série C.

– Foi importante enfrentar um adversário qualificado neste momento. Pude avaliar melhor o meu time, fazer experiência e até escolher o melhor esquema para a estreia na segunda divisão – disse Jorge Pinheiro.

Durante a partida, o treinador optou por dois esquemas táticos. No primeiro tempo, ele utilizou três volantes e apenas um meia de ligação. Já na segunda etapa, ele voltou ao tradicionou 4-2-2-2, com dois volantes e dois meias. Neste domingo, ele deu uma pista sobre aquele que deve utilizar contra o Cruzeiro de Itaporanga, na primeira rodada da Segundona.

– No primeiro tempo, com os três volantes, fizemos um bom jogo e até envolvemos o adversário em alguns momentos. No segundo tempo, coloquei em campo a formação que a torcida me cobra, com dois meias se aproximando dos atacantes. E aí o time sentiu um pouco – comparou Jorge Pinheiro.

Todos os gols do Icasa saíram justamente no segundo tempo, o que dá a entender que a formação dos primeiros 45 minutos deverá ser utilizada no próximo domingo, no estádio Zezão.

Último amistoso
A partida contra o Icasa foi a última do Atlético de Cajazeiras antes da estreia na 2ª divisão. Jorge Pinheiro não quer mais nenhum amistoso, temendo perder algum jogador para o jogo contra o Cruzeiro.

– Nessa partida contra o Icasa já não pude contar com o (zagueiro) Mazinho e o (volante) Tita, que saíram machucados no amistoso contra o Crato-CE. O (atacante) Marquinhos também saiu no intervalo, sentindo dores musculares. Por isso, vou aproveitar essa semana para recuperar todo mundo – disse Jorge Pinheiro.

Por fim, o treinador fez uma avaliação otimista sobre as chances do Atlético de Cajazeiras em voltar à elite do futebol paraibano em 2013.

– Eu vejo com grande esperança a condição da gente conseguir o acesso. O time foi bem nos amistosos, apesar dessa última derrota. Aproveitei para fazer muitas experiências, testar algumas opções para o futuro. Ainda temos algumas carências, mas nada que não se possa resolver – completou o treinador, que espera mais quatro reforços para fechar o elenco da Segundona. 

 

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *