Sisu 2018.2: IFPB oferta 140 vagas para o campus de Cajazeiras


ANA CAROLINA ABIAHY

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) de 2018.2 iniciam nessa terça-feira, 12 de junho, e vão até 15 de junho. O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) está ofertando 1.110 vagas em 29 cursos superiores em nove campi.

Todos os cursos são presenciais. Os campi ofertantes são João Pessoa, Cajazeiras, Campina Grande, Picuí, Monteiro, Patos, Cabedelo, Princesa Isabel e Guarabira. A inscrição é feita pelo site nacional http://sisu.mec.gov.br/  

Os cursos ofertados pelo IFPB no Sisu 2018.2 são: Engenharia de Computação, Ciências Biológicas, Química, Agroecologia, Automação Industrial, Construção de Edifícios, Design de Interiores, Geoprocessamento, Negócios Imobiliários, Redes de Computadores, Sistemas de Telecomunicações, Sistemas para Internet, Administração, Engenharia Elétrica, Matemática, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia Civil, Física, Telemática, Gestão Comercial, Segurança no Trabalho e Gestão Ambiental.

É possível consultar as vagas do IFPB no Sisu 2018.2 nesse link. No Portal do Estudante do IFPB, você tem acesso ao edital interno da instituição com o detalhamento sobre as vagas, documentações e as cotas. Acesse aqui. 

De acordo com o cronograma do Ministério da Educação, a lista com o nome dos selecionados para as vagas será divulgada no site do Sisu no dia 18 de junho. De 22 a 27 de junho, quem não foi selecionado pode aderir à lista de espera também se inscrevendo pelo site do Sisu.

No IFPB, a matrícula para os selecionados na primeira etapa será de 25 a 29 de junho. A partir de 6 de julho, o IFPB e as demais instituições participantes do Sisu terão acesso à lista de espera e podem iniciar as convocações para as vagas remanescentes.

Pode concorrer às vagas quem fez o Enem 2017 e não zerou a prova de redação. É possível escolher até dois cursos. Nesse ano, há a novidade de baixar um aplicativo no celular para poder acompanhar a inscrição.

No IFPB, metade das vagas é reservada para quem estudou na rede pública de ensino. Dentre eles, há cota para negros, pardos e indígenas e para quem tem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo. Há ainda reserva de vagas para pessoas com deficiência.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *