Sindicato repudia mudança no PCCR da Educação e lamenta postura de vereadores


O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (Sinfumc), emitiu nota para repudiar o posicionamento de vereadores que ficaram a favor do Projeto de Lei que modifica o Plano de Cargos Carreira e Remuneração de Educação.

Após a aprovação da matéria, o prefeito fica autorizado a indicar pessoas para cargos de direção ou vice-direção de escolas que não pertençam ao quadro efetivo dos funcionários.

Veja a nota:

Vimos através da presente nota, expressar o nosso repúdio à decisão da Câmara Municipal de Cajazeiras, que na noite do dia 18 de junho de 2019, em Sessão Ordinária daquela casa legislativa, aprovou o projeto de lei de autoria do Senhor Prefeito José Aldemir Meireles Modificando o Plano de Cargos Carreira e Remuneração do magistério municipal da nossa cidade.

De acordo com o que estava estabelecido no PCCR da Educação municipal cajazeirense, só poderia ocupar o cargo de gestor no sistema municipal, o professor ou professora que fizesse parte do quadro efetivo do lotado na secretaria da Educação de Cajazeiras. Com a alteração agora aprovada, o chefe do Executivo municipal poderá nomear qualquer docente para o cargo de diretor ou vice-diretor das escolas do Sistema Público Municipal de Educação, o que na verdade rasgou uma determinação correta, legítima e eficiente que estava inscrita no PCCR do nosso município.

Entendemos que tal atitude, adotada pelo Senhor Prefeito e vereadores que lhe foram solidários na matéria em questão, tem o nítido interesse eleitoreiro e agride frontalmente os princípios da nossa Educação. Assim, manifestamos o nosso desacordo com esta política implementada pelo Executivo municipal e pelos vereadores que aprovaram a propositura do Prefeito José Aldemir Meireles, os quais, com tal atitude, traíram à Educação e aos Educadores Cajazeirenses!

A diretoria do Simfunc

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *