Categorias
CAJAZEIRENSES & CAJAZEIRADOS

Seu Joca Claudino

ALMANAQUE [CAJAZEIRENSES & CAJAZEIRADOS]

JOÃO CLAUDINO SOBRINHO

* Fazenda Tamandaré, Uiraúna (PB), 25/06/1899

+ Cajazeiras (PB), 15/06/1997


João Claudino Sobrinho, mais conhecido como Joca Claudino, (Uiraúna, Paraíba, 25 de junho de 1899 – Cajazeiras, 15 de junho de 1997) foi um importante comerciante brasileiro, ativo sobretudo no sertão nordestino.

Joca nasceu a 25 de junho de 1899, na Fazenda Tamandaré, povoado de Belém do Arrojado, atual Uiraúna, à época pertencente ao município de São João do Rio do Peixe, na Paraíba. Era filho de Antônio Claudino de Galiza e de Maria da Conceição da Silva, proprietários da fazenda, na qual trabalhou quando era jovem. A rua Antônio Claudino de Galiza, no bairro Tamandaré, em Uiraúna, leva o nome de seu pai.

Aos 23 anos casou com Francisca Fernandes, mudando-se mais tarde, com a mulher e os quatro primeiros filhos, para Luís Gomes, no Rio Grande do Norte. Em 1929 adquiriu uma mercearia e se estabeleceu como pequeno comerciante, aí vivendo por seis anos. A casa onde a família viveu, em Luís Gomes, é desde 1991 a sede do educandário Fundação Francisca Fernandes Claudino (FUNFFEC), fundado em 1969 por seu filho João Claudino Fernandes.

Em 1935, mudou-se para Cajazeiras, de regresso à Paraíba, onde continuou seus negócios, abrindo a loja “Santa Terezinha” em, sociedade com o sogro, Antônio Adelino. Viveu em Cajazeiras por mais de sessenta anos, até à sua morte, a 15 de junho de 1997.

Casou com Francisca Fernandes, sendo pais de dezesseis filhos, entre os quais, Valdecy e João, fundadores do Armazém Paraíba, em 1958, Bacabal, no Maranhão, vindo-se a instalar como loja de departamento em Teresina, em 1968.

Em 1997, quando morreu, tinha 63 netos e 60 bisnetos.

Por REDAÇÃO

SUGESTÃO DE PAUTA: coisasdecajazeiras.pb@gmail.com - (83) 98822-0095

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *