Servidores de Cajazeiras protestam contra descaso do prefeito por salários atrasados



Os servidores das áreas da Saúde e de controle do trânsito do Município de Cajazeiras, Alto Sertão da Paraíba, continuam protestando pelo fato da Administração do prefeito Carlos Rafael (PTB), está deixando a Prefeitura Municipal daquela localidade devendo três meses de salários do funcionalismo dessas áreas. As notícias dão conta que a Prefeitura está devendo os meses de outubro, novembro e dezembro.

Os servidores têm protestado contra a atitude do prefeito cajazeirense que não dá qualquer explicação a respeito, fazendo com que os funcionários sejam obrigados a cruzar os braços em protesto contra a atitude do chefe do Executivo que está sendo omisso em seus compromissos. Também há protestos da autarquia que cuida do trânsito no Município, cujos servidores também estão se ausentando do trabalho pela falta de condições do Poder Executivo. Em consequência o trânsito está um verdadeiro caos. Apesar de procurado pelos funcionários, o prefeito tem se omitido a dar qualquer explicação e não aponta solução para o problema, prejudicando a população que depende dos serviços públicos.

A Secretaria de Saúde do município de Cajazeiras determinou um recesso na saúde municipal, com o fechamento dos PSFs, deixando a comunidade sem atendimento. De acordo com alguns profissionais da área, o recesso é dado, embora, os recursos destinados à saúde venham normalmente, também no mês de dezembro, além dos demais recursos municipais, entretanto, todos os serviços são paralisados.

Os postos de saúde de Cajazeiras já vinham funcionando de forma precária, sem medicamentos, material, vacinas e ausência de médicos, em função da exoneração que aconteceu no dia 19 de outubro, de forma retroativa ao dia 1º, por determinação da justiça, que tinha dado um prazo de 180 dias para o prefeito Carlos Rafael demitir os contratados e realizar concurso público, o que não aconteceu.

ASSESSORIA

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *