Secretários e adjuntos entregam cargos ao governador


RC pp

A reforma administrativa do governador Ricardo Coutinho (PSB) teve início oficialmente ontem. Os secretários de Estado, incluindo os executivos, em decisão conjunta, resolveram colocar os cargos à disposição do governador para que o chefe do Poder Executivo possa ficar à vontade para conduzir, sem qualquer restrição, as mudanças na equipe de auxiliares da administração estadual, seja por força da legislação eleitoral, seja por força das novas composições políticas. O comunicado oficial da Secretaria de Estado da Comunicação Institucional (Secom) foi divulgado por volta das 21h.

Os secretários entregaram uma carta ao governador reafirmando o compromisso com a gestão e assegurando total liberdade e autonomia para que as mudanças sejam realizadas. No documento, os secretários reafirmam a necessidade da reforma.

“Faz-se imprescindível uma significativa reforma administrativa que possibilitará a Vossa Excelência a oportunidade de promover os ajustes necessários à continuidade deste revolucionário projeto político”, diz trecho da carta assinada pelos auxiliares.

DIÁRIO OFICIAL

De acordo com o secretário-chefe do Governo, Adriano Galdino, as exonerações devem ser publicadas na edição do Diário Oficial de amanhã, à exceção das secretarias de Educação, Segurança Pública, Saúde e Administração Penitenciária. Adriano Galdino confirmou que também haverá exonerações de cerca de dois mil servidores de cargos em comissão.

“Tem muita gente saindo e nós vamos reestruturar o governo.

Não existem demissões. Você só pode governar com quem quer construir o governo. Saem secretários e vão entrar outros.

Vamos reestruturar o governo para funcionar mais e melhor em função dos interesses da população”, disse o governador Ricardo Coutinho, ontem, em entrevista concedida no Palácio da Redenção, durante solenidade de apresentação do relatório da Comissão Estadual da Verdade.

JORNAL DA PARAÍBA

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *