Salvem o futebol de Cajazeiras

TATYANA
0
AM3 – 250×250

Geraldo Varela

O futebol de Cajazeiras vai continuar no anonimato? Até o momento nenhuma notícia alentadora sobre a participação do Atlético ou do Paraíba no Campeonato Paraibano da Segunda Divisão. Conversei com gente da cidade e a situação realmente é preocupante.

Foi fundado um novo Atlético, mas este não tem condição alguma de disputar competição porque a legislação desportiva exige que a equipe dispute categorias de base no ano anterior, além de outras obrigações.

O Atlético autêntico e de tradição amarga uma grave crise financeira e desde a sua queda para a Segunda Divisão não se levantou mais. Onde estão dos verdadeiros desportistas da cidade? Eu tenho um carinho especial por Cajazeiras, uma terra que sempre me recebeu muito bem e guardo boas recordações do Atlético, campeão paraibano em 2002. O clube, sem as mínimas condições, em 2007, se aventurou pela Série C, competição que não tinha nenhuma ajuda da CBF e se afundou em dívidas.

O “Trovão Azul” não se aprumou mais e seguiu colecionando frustrações para o seu torcedor. Em 2008, caiu para a Segunda Divisão. No ano seguinte, se classificou para a primeira divisão de 2010 e novamente caiu, ficando sem forças para uma nova reação. A sua derrocada motivou a fundação de outro Atlético que, para a Federação Paraibana de Futebol, ainda não tem vida. Não sei mais interessante soerguer o Atlético original e deixar de lado o pirata?

E a cidade tem outro clube, o Paraíba, que já lutou bastante para chegar à primeira divisão sem sucesso. O nosso amigo Tico Miudezas, presidente do clube, ainda não se manifestou oficialmente sobre a inclusão na Segundona. Eu torço como ninguém para que se encontre uma solução para as duas ou pelo menos uma equipe dispute a competição, cujas inscrições foram prorrogadas para o dia 18 deste mês. Cajazeiras fez história no futebol paraibano e não pode continua no anonimato.

Geraldo Varela é jornalista e comentarista esportivo | varellajp@yahoo.com.br | Portal AmpliarPB

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.