Salário dos professores municipais de Cajazeiras varia de R$ 1,6 mil a R$ 6,2 mil


1448283343450-dinheiro

O Piso Salarial dos professores teve um reajuste anual de 11,36%. O salário base para quem trabalha 40 horas/aula, nas escolas públicas passa de R$ 1.917,78, para R$ 2.135,64.

De 2009 a 2015, o crescimento real para o Piso foi de 46%, além da inflação. O piso e a melhoria dos salários dos professores foi uma forma de valorizar a categoria, despertando o interesse dos jovens pela profissão e melhorar a qualidade do ensino público, juntamente com outras medidas, como melhoria das escolas, condições de trabalho e exigência de cursos superiores.

Prefeitos e governadores buscaram o Ministério da Educação para tentar mudar a fórmula de cálculo do reajuste anual, para tentar mudar a fórmula de cálculo do reajuste anual, visando diminuir esse índice.

Hoje, o reajuste do salário dos professores é computado com base em números do Censo Escolar e calculado pelo Ministério da Fazenda. Os gestores alegam que as receitas de estados e municípios não têm crescido no mesmo ritmo. Além do piso dos professores, o reajuste anual do Salário Mínimo também tem sido uma preocupação dos gestores, principalmente agora, onde o País enfrenta uma recessão econômica, com redução na arrecadação.

Desde o ano passado o Ministério da Educação criou um fórum para debater  novas propostas feitas por prefeitos e governadores para debater novas propostas de reajuste. O fórum é uma das exigências da meta 17, do Plano Nacional de Educação. O Ministro da Educação apelou aos professores e gestores, onde existe dificuldade para pagar o piso, para que busquem o diálogo, evitando as greves prolongadas.

Em Cajazeiras, uma declaração da secretária da Fazenda Publica, relatando as dificuldades para pagar o novo piso, terminou desencadeando a imediata reação do sindicato dos funcionários municipais (SINFUMC).

A secretária afirmou que o Plano de Cargos Carreira e Remuneração precisava ser revisto, tendo em vista, que mesmo sendo os professores merecedores, tinha que ver se o município teria os recursos suficientes para pagar. Os representantes dos professores afirmaram que não aceitava redução salarial de forma alguma.

Conforme Vanóbia, os recursos do FUNDEB são no valor de R$ 1 milhão e 400 mil e a folha dos profissionais da educação ultrapassa 1milhão e 700 mil. A diferença já vem sendo complementada com recursos próprios do município. Já a folha total do município, com os encargos, a exemplo da contribuição patronal da previdência, ultrapassa os 4 milhões. Vanóbia lembrou da preocupação da prefeita Denise Albuquerque que melhorar cada vez mais a educação do município, com investimentos importantes nas escolas. Hoje os professores de Cajazeiras têm um dos melhores salários do Estado, disse.

Segundo cálculo feito pelo Sinfumc, o menor salário pago a um professor pelo município de Cajazeiras, será de R$ 1.601,73, para professores do Básica I (ensino infantil e primeira fase do ensino fundamental) e o maior será para professores com doutorado e mais de 30 anos de serviços, cujo valor foi fixado em R$ 6.205,41.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *