Rua Víctor Jurema

Eu conheço cada palmo desse chão

RUA VÍCTOR JUREMA / FOTO: CHRISTIANO MOURA

Está localizada num trecho da cidade que ficou por muito tempo sem nenhuma estrutura urbana, estrangulada entre os velhos quintais da Rua Padre Rolim e o muro que se estende, delimitando o terreno do antigo Colégio das Dorotéias.

Só depois de 1936, começaram a aparecer as luxuosas mansões da cidade. A primeira delas foi a residência de José Lira Campos, comerciante empreendedor que tanto contribuiu para o desenvolvimento de Cajazeiras.

A construção de um pontilhão sobre o Riacho das Velhas, ensejou o aproveitamento de terrenos existentes nas proximidades da Escola Normal, até o local onde D. João da Mata Andrade Amaral começou a construir a majestosa Catedral de Nossa Senhora da Piedade.

O Doutor Joaquim Víctor Jurema nasceu em São José da Lagoa Tapada, do antigo município de Souza. Filho do Capitão João Luís Torres e Alzira Nobre Formiga, formou-se, em 1892, pela antiga Faculdade de Direito do Recife. Iniciou suas atividades profissionais como Juiz Municipal de Cajazeiras, nomeado em 1892. Foi Juiz Municipal de São João do Rio do Peixe e dali retornou a Cajazeiras como Juiz de Direito, nomeado a 19 de outubro de 1908, permanecendo em exercício até 22 de dezembro de 1937, quando foi aposentado. Era pai do Doutor Octacílio Guimarães Jurema, que foi Prefeito de Cajazeiras, Secretário da Saúde do Estado e representou a Paraíba, no Senado Federal, na condição de suplente do Senador João Cavalcanti de Arruda.

DO LIVRO ‘RUAS DE CAJAZEIRAS’, DE DEUSDEDIT LEITÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *