Rua Padre Manuel Mariano

Eu conheço cada palmo desse chão

Essa artéria da zona comercial de Cajazeiras começou a ser formada, nas proximidades da pequena capela que existia no centro da vila, de onde lhe adveio a primitiva denominação de Rua Coração de Jesus. O arrolamento de 1890, para cobrança do imposto predial, notifica aquela rua com nove casas.

Favorecida pela sua localização, nas imediações do comércio, alcançou relativo desenvolvimento, apresentando-se, no início do século passado, como uma rua de boa estrutura urbana. Destacava-se das demais, pela largura que lhe deram desde o início da sua formação.

Há quem assegure que ela, ao final do século XIX, teve o nome de Rua Bela. A sua atual denominação vem do tempo em que a edilidade padronizou a numeração das casas e a nomenclatura das ruas da cidade, algumas delas batizadas com nomes de personalidades cajazeirenses. Tem ela pequena extensão: vai da Rua Padre José Tomaz até à Rua Joaquim Costa.

O Padre Manuel Mariano de Albuquerque nasceu, em Cajazeiras, no ano de 1844. Filho de Mariano Gomes de Albuquerque e Delfina de Jesus do Espírito Santo, foi ordenado sacerdote, em Olinda, no ano de 1869. Exerceu atividades eclesiásticas como Vigário de Piancó, de Misericórdia e de Pombal. Político militante, teve destacada participação na vida pública da Província como integrante da Assembléia Legislativa e foi Deputado à Assembléia Estadual Constituinte de 1892. Faleceu, em Cajazeiras, a 23 de fevereiro de 1896.

DO LIVRO ‘RUAS DE CAJAZEIRAS’, DE DEUSDEDIT LEITÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *