Rua Barão do Rio Branco

Eu conheço cada palmo desse chão

RUA BARÃO DO RIO BRANCO / FOTO: CHRISTIANO MOURA

Extensa avenida que tem início no sangradouro do Açude Grande e vai até às proximidades do Hospital Regional, em seu prolongamento que, atualmente, tem a denominação de Rua Arsênio Araruna.

Começou a adquirir maior expressão urbana com a construção de modernas e confortáveis residências, nas imediações do Estadium Higino Pires Ferreira, ocupando um trecho da cidade que teve, primitivamente, a denominação de Arapiraca, preferido nos idos da década de 1920, pela juventude local, para agradáveis banhos nas águas do sangradouro do Açude Grande. Quando começou a sua formação urbana, teve a denominação de Rua Municipal, imposta pela Prefeitura Municipal.

Local preferido pelas famílias abastadas da cidade, para construção de suas residências o que levou o povo, em sua malícia, a denominá-la, vulgarmente, Rua dos Ricos. A 9 de outubro de 1943, o Prefeito Juvêncio Vieira Carneiro resolveu mudar a sua inexpressiva denominação de Rua Municipal para Rua Barão do Rio Branco, em atendimento à solicitação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que tinha a incumbência de promover as comemorações do centenário de nascimento daquele eminente brasileiro.

A Rua Barão do Rio Branco tem início, no local, posteriormente ocupado pela Praça Cristiano Cartaxo, passando pelo Estadium Higino Pires Ferreira e pelos fundos do antigo Colégio das Dorotéias, então Escola Normal Padre Rolim.

O Barão do Rio Branco era o título nobiliárquico do eminente brasileiro José Maria da Silva Paranhos. Nasceu no Rio de Janeiro a 20 de abril de 1845. Diplomata de renome, atuou, com destaque, em várias questões como árbitro, conquistando notoriedade como um dos grandes  vultos da história do Brasil. Exerceu várias comissões na Europa e foi Ministro das Relações Exteriores durante dez anos, sem interrupção. Faleceu, no Rio de Janeiro, a 10 de fevereiro de 1912.

FONTE:

DO LIVRO ‘RUAS DE CAJAZEIRAS’, DE DEUSDEDIT LEITÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *