Ricardo reafirma que Estado vai privatizar hotéis e espera apenas a solução de passivo com a Embratur



O governador Ricardo Coutinho (PSB) voltou a afirmar neste domingo (19) que irá privatizar os dez hotéis pertencentes ao Governo do Estado localizados no interior da Paraíba, à exemplo do Bruxaxá, em Areia e do Brejo das Freiras, em São do Rio do Peixe. De acordo com o chefe do Executivo, a privatização dos imóveis só não aconteceu ainda por que existe um pendência financeira entre a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur).

O socialista explicou que PBTur há muitos anos tem um passivo junto com a Embratur, que, segundo ele, detém cerca de 10% da sociedade e que o esforço agora é na tentativa de resolver o problema para que a iniciativa privada possa comprar e administrar os hotéis.

“O problema central é que a PBTur tem um passivo junto com a Embratur por muitos e muitos anos, então estamos buscando resolver isso. Só é possível resolver após saldar o passivo e ao mesmo tempo privatizar os hotéis, passar os hotéis para iniciativa privada”, justificou.

A solução para dar início à privatização, segundo informou Ricardo Coutinho, é doar um determinado terreno ou hotel à Embratur para pagar a dívida e, em seguida, abrir licitação para que a iniciativa privada administre os imóveis.

Ricardo voltou a declarar ainda, que não é de interesse do Estado gerir hotéis, assim como, não existe recursos para investimentos nessa área: “Imagina se o Estado pudesse tomar conta de posto de gasolina, de bar, de restaurante, aí seria um caos. Eu confesso que no dia que cheguei no hotel lá de Brejo das Freiras e vi uma ala para governador. Isso não pode. Como um governador vai ter uma ala no hotel? Hotel é para poder prestar melhor serviço a população, para ter melhor rotatividade e para fazer investimento e isso não pode estar na mão do Estado”.

COM REPORTAGEM DE NAIRA DI LORENZO PARA O PORTAL CORREIO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *