Reunião discute a volta do plantio de algodão na região de Cajazeiras


Uma reunião realizada no sábado (29) no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cajazeiras, discutiu o retorno, incentivo e novas tecnologias para plantação e cultivo do algodão na cidade e região. Estiveram presentes técnicos da Embrapa e Emater, que expuseram aos presentes os mais novos estudos no combate a pragas como o bicudo, por exemplo.

Também participaram da reunião empresários das regiões de Sousa e Campina Grande ligados ao comércio de algodão e beneficiamento do caroço, interessados na compra da futura produção. A secretária de Desenvolvimento Rural de Cajazeiras, Daniele Thaíres, também esteve presente.

A reunião, que contou com uma grande participação de agricultores, foi idealizada pelo coronel da Polícia Militar da Paraíba, Enéas Cunha Rolim, que atualmente está trabalhando na região de Campina Grande, com apoio do presidente do sindicato rural de Cajazeiras, Rildo Soares.

Rildo disse que uma usina de beneficiamento de algodão de Sousa, garantiu o fornecimento da semente e os equipamentos necessários para a colheita, que poderá ser manual ou com uma máquina.

Ele disse que só na Várzea da Ema, produtores rurais disseram que iam plantar 150 hectares de algodão. Todos deverão plantar no mesmo período, para que a colheita aconteça de uma só vez, evitando que fiquem roçados com algodão, possibilitando a volta do bicudo.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *