Política, Cotidiano, Esportes, Memória & afins

Renato Moreira

Personagens que fizeram e que fazem a história de Cajazeiras

TATYANA
AM3 – 250×250

RENATO MOREIRA DE ABRANTES

* Cajazeiras (PB), 09/04/1979


Nascido aos 9 de abril de 1979, em Cajazeiras, Paraíba, Renato Moreira de Abrantes é filho de João Estrela de Abrantes e Judith Moreira de Abrantes e irmão de Rogéria e Edson. Logo começou suas primeiras lições escolares, no Centro Educacional Francisco Eduardo Rolim (1986-1990), com a Professora Paula Angela Rolim, posteriormente, no Colégio Nossa Senhora do Carmo (1991-1994), com a grande educadora paraibana, Carmelita Gonçalves e, enfim, para cursar o ensino médio, no Colégio Diocesano Padre Rolim (1995-1996), todos sediados em Cajazeiras.

Sentindo o chamamento ao sacerdócio, ingressou no Instituto Jesus Missionário dos Pobres, no ano de 1995, instituto religioso de direito diocesano sediado em sua cidade natal. Cursou Filosofia no Instituto de Filosofia Verdade e Vida, em Cajazeiras/PB (1997) e no Instituto São Boaventura, em Brasília/DF (1998-1999), para onde foi transferido a fim de continuar seus estudos. Ainda na Capital Federal, estudou Teologia, no Seminário Maior Arquidiocesano de Brasília (2000-2001). Deu continuidade ao Curso de Teologia no Seminário São Pedro, de Natal/RN (2002) e, finalmente, onde concluiu, no Instituto Filosófico-Teológico Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, em Quixadá/CE (2003). Em Quixadá, lecionou Teoria Musical no Ginásio Valdemar Alcântara (2003) e Latim, no primeiro semestre de 2004, no Seminário Maior Diocesano.

Foi ordenado diácono no dia 12 de dezembro de 2003, por Dom José Gonzalez Alonso, Bispo diocesano de Cajazeiras, onde foi incardinado. A ordenação presbiteral ocorreu em 31 de maio de 2004, pela imposição de mãos deste mesmo Bispo. Uma vez sacerdote, foi designado para os trabalhos pastorais, como Administrador Paroquial da Paróquia Santo Antônio, em Marizópolis/PB, ofício que ocupou entre 2004 a 2007.

Neste mesmo período (2004-2007), foi Notário da Câmara Eclesiástica de Cajazeiras, ligada ao Tribunal Eclesiástico Regional do Nordeste II, da CNBB, e Reitor do Instituto Jesus Missionário dos Pobres. Foi professor de Latim e Metafísica, no Instituto de Filosofia Verdade e Vida (2004-2005) e na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FAFIC, 2005-2007), e de Teologia, Latim e Direito Canônico, no Curso de Teologia para Leigos, mantido pela Diocese de Cajazeiras (2006-2007).

Retornando a Quixadá no ano de 2007, foi professor nos Cursos de Filosofia e Teologia da Faculdade Católica Rainha do Sertão (FCRS). Na “Católica de Quixadá”, além de professor, ocupou os cargos de Presidente da Comissão Permanente do Vestibular, Presidente da Comissão Própria de Avaliação (2011-2015) e auxiliar na Assessoria Jurídica (2009-2015). Concluiu o Curso de Bacharelado em Direito, em 2012, pela FCRS (atual Centro Universitário Católica de Quixadá – UNICATÓLICA). Neste mesmo ano, tendo sido aprovado no Exame de Ordem, ingressou nos quadros da Ordem dos Advogados do Brasil, exercendo atividade advocatícia na Seccional Ceará, da OAB, sob o n. 27.159, especificamente nas áreas cível, trabalhista, previdenciária e tributária. Na Subseção Quixadá, da OAB/CE, é Coordenador do Núcleo da Escola Superior da Advocacia.

Realizou estudos, em nível de especialização lato sensu, em Gestão Pública, pela UECE (2012), Direito e Processo Constitucionais, pela FCRS (2014) e Direito Processual Canônico, pela Universidade Católica de Petrópolis (2016).

É Mestre em Educação e Ensino, pela UECE, tendo obtido o título em 2016, com a defesa da dissertação intitulada “A Cruz e o Diploma: a Igreja Católica a Educação em Quixadá nos séculos XX e XXI”, a qual foi orientada pelo saudoso Prof. Dr. Jorge Alberto Rodriguez, então Diretor da FECLESC.

Atualmente, é doutorando em Direito Constitucional, pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), pretendendo defender tese intitulada “Relações jurídico-civis da Igreja Católica no Brasil: a personalidade jurídica das instituições eclesiásticas à luz do Decreto n. 7.107/2010”, sob orientação do Prof. Dr. Antônio Jorge Pereira Júnior.

Em 2010, pediu dispensa do exercício do ministério presbiteral, tendo-a recebido do Santo Padre, o papa Francisco, em agosto de 2013, por força do cânon 290, 3º, do Código de Direito Canônico. É casado com a professora universitária, Kercya Nara Felipe de Castro, com quem reside, na cidade de Quixadá.

No dia 10 de março de 2016, por força do Projeto de Decreto Legislativo n. 01/2016, de autoria do Vereador Carlos Eduardo Moreira de Lima, aprovado por pela Câmara Municipal de Quixadá, foi-lhe concedido o título de cidadão quixadaense, o qual foi recebido em sessão solene aos 12 de julho de 2018.

É Procurador Institucional da UNICATÓLICA, responsável por todos os processos autorizativos junto ao Ministério da Educação. Ocupa o cargo de Vice-Reitor da UNICATÓLICA desde 2015. É Juiz Auditor da Câmara Eclesiástica de Quixadá e Juiz Eclesiástico do Tribunal Eclesiástico Regional e de Apelação do Ceará, compondo turmas judicantes de processos de nulidade matrimonial. Membro da Sociedade Brasileira de Canonistas, desde o ano de 2011, compondo o seu Conselho Consultivo.

Atualmente, na UNICATÓLICA, é professor das disciplinas Filosofia do Direito e Ciência Política/Teoria do Estado, no Curso de Direito, Direito Tributário, no Curso de Ciências Contábeis, e Direito Canônico e Administração Paroquial, no Curso de Teologia.

TATYANA
FONTE: DIÁRIO DO SERTÃO
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.