[RAFAEL HOLANDA] Amparo


amparo

Defenda a todos, a fim que possamos atravessar o mundo e desfrutar da felicidade completa, onde o riso nos seja a melhor de todas as imagens que gostaríamos de ter.

Não abandone o nosso barco que muitas das vezes se perde a deriva da verdade, e vai de encontro às periculosidades da mentira e da devassidão dos ocultos da rua.

Apura a nossa verdade, para que ela possa como uma espada transformar em pedacinhos do nada os pensamentos pecaminosos do nosso coração.

Acalma a agitação e o mar revolto das nossas palavras; expulsa da nossa natureza pecaminosa as paixões malignas que construímos pela nossa consciência perdida.

Transforma a noite que nos faz medo, em luminosidade sem igual para que possamos ter a força necessária para enfrentar o maligno que nos espia.

Abriga-nos sob a sombra do teu amor, pois és o Deus que nos guarda e protege, o soberano da misericórdia e compaixão, a luz que transforma as trevas em vale de intensa luz.

Não permita que o oculto da noite seja nossa companhia com a finalidade maior de frustrar os nossos desejos de persistir no caminho da bondade, da justiça e fé.

Livra-nos do abismo, que a cada instante surge em nossas vidas, pois perdemos a esperança de trilhar pela verdade, porque a desigualdade é tão aberrante que nos estimula a maldade.

Que a mesma balança que pesa os erros os pobres tenha a potencialidade de pesar os erros dos ricos, pois a que vemos são desesperos em um lado com fartura em abundância do outro.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *