Quando um agradecimento ainda é pouco!

POR BOSCO MACIEL

BOSCO MACIEL

Se vencemos mais uma batalha desta minha luta difícil de ser travada, esta vitória não deve ser creditada somente aos meus esforços.

Até chegar à Cajazeiras (cume desta escalada), minha esposa,  Marli, preparou toda essa estrada. Foi ela que (ao lado do telefone) ‘arquitetou’ minha estada em Cajazeiras, foi ela quem ‘equacionou’ as passagens de avião (de ida e volta), foi ela quem cuidou dos recursos financeiros necessários à viagem, foi ela quem preparou minha mala cuidando de todos detalhes, foi ela quem cuidou de tudo enfim.

E ela fez tudo isso, e ainda acompanha toda minha estada preocupada com o horário de alimentação. Junte-se a isto, a dedicação com os filhos. Todo meu agradecimento ainda é pouco. Tenho certeza, que sem o ‘suporte, e apoio estrutural’ desta lutadora, eu não teria chegado à Cajazeiras, para em Solenidade, receber a ‘Honraria’ de ser Membro fundador da ACAL – Academia Cajazeirense de Artes e Letras’, em 24/05 (sexta-feira).

Sempre falei pra ela que nos completamos. Porque enquanto uso minha força no pensar, tenho ao meu lado esta Guerreira Marli (Minha esposa) atuando nas  execuções, com  ações efetivas. … Obrigado, Marli! Saiba que se eu sou este Bosco Maciel que consegue realizar o ‘quase impossível’, é porque  tenho ao meu lado uma ‘fiel lutadora’ que atende pelo nome de Marli Doroti!!!

BOSCO MACIEL É POETA, FOLCLORISTA, CANTADOR, FUNDADOR DA CASA DOS CORDÉIS, MEMBRO DA AGL, MEMBRO FUNDADOR DA ACAL

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *