“PSDB mamou três anos e agora reclama do leite”, diz deputado


raniery-paulino2

O deputado Raniery Paulino, do PMDB, rechaçou aliança do seu partido com o PSDB de Cássio Cunha Lima. As declarações do parlamentar foram dadas durante entrevista à Rádio Cultura de Guarabira, na manhã desta terça-feira (13).

Perguntado sobre possibilidade de aliança com o PSDB, aventada pelo ex-governador José Maranhão, Raniery disse que seria deslealdade defender tese de retirada da candidatura de Veneziano.

“Acho que a fala de José Maranhão, presidente do maior partido da Paraíba, está evidente que é a manutenção da candidatura de Veneziano. Mas quando se coloca uma vírgula no lugar errado é lógico que a imprensa começa a especular. Acho que seria uma deslealdade com os companheiros que estão defendendo a pré-candidatura de Veneziano”, defendeu o peemedebista.

Uma das razões da incompatibilidade de convivência reside no antagonismo existente entre os grupos Paulino e Toscano em Guarabira, liderados pelo pai do deputado, ex-governador Roberto Paulino e o atual prefeito Zenóbio Toscano. Eles são como água e óleo.

“Nós não nos juntamos, Roberto Paulino não se junta com Zenóbio Toscano. Isso é fato. Não quero aliança com Zenóbio nem com a deputada Léa, nem com a aspirante a deputada (Camila Toscano). Ficaria muito feio repetir o que o PSDB fez. O PSDB mamou 3 anos e agora reclama do leite. Esse não é meu estilo nem o estilo do PMDB”, alfinetou Paulino.

PORTAL 25 HORAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *