Projeto de Júnior Araújo aprovado na ALPB cria política de incentivo a apicultor


Enquanto a Paraíba enfrentava um dos ciclos históricos mais severos de seca, dizimando rebanhos e culturas, uma atividade seguia em expansão em seis microrregiões do Estado, inclusive onde a estiagem era mais aguda: a apicultura, com uma produção que atingiu mais de 500 toneladas este ano. A atividade é alvo de um Projeto de Lei aprovado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

De acordo com o deputado estadual Júnior Araújo (Avante), autor do projeto, o PL prevê um conjunto de medidas para incrementar a produtividade e expansão da apicultura paraibana.

“Historicamente, é uma atividade considerada exemplo de sustentabilidade, impulsionando a polinização de plantas nativas, resultando uma atividade com potencial para complementar a renda do produtor e até mesmo ser o principal empreendimento”, disse o deputado.

O PL prevê políticas de divulgação da atividade, promoção de cursos para incentivar a formação de novos produtores e criação de cursos para otimizar a produção. O projeto aguarda agora sanção do governador João Azevêdo (PSB).

COM INFORMAÇÕES DO PORTAL CORREIO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *