Professores de Triunfo recebem o menor salário da Paraíba


prefeitura-triunfo

O ex-prefeito da cidade de Triunfo, João Coragem, fez duras críticas ao atual gestor, Damísio Mangueira. Segundo Coragem, Mangueira faz o pior governo já visto no município e apontou várias irregularidades na atual administração.

Entre os desmandos apontados por João Coragem está o inchaço na folha de pessoal da prefeitura com aumento de servidores sem aprovação em concurso público. Segundo levantamento feito pelo Radar Sertanejo junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), a prefeitura de Triunfo conta com pelo menos 181 servidores contratados sem passar por aprovação em concurso público [dados atualizados até o mês de abril deste ano].

Outro ponto bastante criticado em Triunfo pela categoria da educação municipal é o baixo salário que os professores  recebem. Segundo   João Coragem a educação do município paga aos educadores o menor salário da Paraíba, os salários variam entre R$ 800 e R$ 900.

Ainda segundo denúncias da oposição local, a prefeitura é acusada de cobrar propinas de moradores para recebimento de cisternas. As denúncias afirmam que para receber uma cisterna [benefício do governo federal] cada pessoa beneficiada tem que pagar ao menos R$ 20 a agentes da prefeitura.

Além dos beneficiários das cisternas, as famílias carentes que receberam casas populares também tiveram de pagar R$ 1000 a prefeitura para receber o benefício.

O prefeito Damízio Mangueira que está no cargo sob efeito de liminar e não se pronunciou sobre as denúncias contra o governo dele.

RADAR SERTANEJO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *