Procon de Cajazeiras está sucateado e funciona precariamente

TATYANA
AM3 – 250×250
Pessoas de toda a região estão procurando o Ministério Público para denunciar o iminente fechamento do Procon (Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor) estadual na cidade. O promotor de justiça Ismael Vidal relatou que está recebendo as denúncias da população para abrir procedimento e apurar o fechamento do órgão. “Uma cidade do porte de Cajazeiras não pode ficar sem Procon”, frisou.

A nova coordenadora do Procon de Cajazeiras, Andréa Coutinho, disse que o órgão está funcionando sob condições precárias, totalmente sucateado, sem funcionários e estrutura para o atendimento adequado à população.

Mais informações aqui e aqui, no Diário do Sertão.

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.