Prefeito Zé Aldemir exonera companheiros do Partidos dos Trabalhadores


O vereador Jucinério Félix (PPS), usou as redes sociais para lamentar a postura adotada pelo prefeito de Cajazeiras (PB), José Aldemir (PP), de não valorizar os companheiros da sua última campanha e abrir espaço para o que ele considera oportunistas do poder.

“Vendo e analisando a política municipal em Cajazeiras, percebo quantas pessoas estão sendo colocadas pra fora e desvalorizadas pelo grupo atual do poder. Pessoas essas que acreditaram, lutaram, foram para as ruas, e agora são chutadas. Vejo, também, pessoas que não acreditavam e até chacoteavam, agora com todas as regalias e oportunidades. Tenham cuidados com os oportunistas do poder. Outros embates virão e as máscaras cairão, aguardem,” escreveu no Facebook.

Na mesma postagem, o ex-secretário de Meio Ambiente, José Maria Gurgel (PT), disse que os petistas foram colocados para fora do Governo de Cajazeiras e se referiu a Laurecy Penaforte, ex-secretária de Politicas Públicas e os exonerados recentemente em cargos comissionados, Rigonaldo Pereira e Francilma Mendes.

“Todos do PT foram colocados pra fora: Zé Maria, Laurecy, Rigonaldo, Francilma, esvaziando duas importantes secretarias: Meio Ambiente e Mulheres. Afinal um prefeito fascista, golpista de direita, a serviço de Bolsonaro e sua tropa, não aceitaria mais conviver com um partido de esquerda, como o PT. Quando foi pra o prefeito se eleger, o PT era ótimo, inclusive, os votos do partido foram responsáveis pela sua vitória. Hoje o PT é escorraçado pelo prefeito e tratado com ódio e rancor como se fosse um partido marginal, mas é aquele ditado popular, dor de barriga não só dá uma vez,” frisou Zé Maria.

VICE-PREFEITO

Os petistas de Cajazeiras estão revoltados com o silêncio do vice-prefeito Marcos do Riacho do Meio (PT) diante das demissões ocorridas na Prefeitura de Cajazeiras.

Antes, o partido dos trabalhadores ocupava através dos professores Zé Maria Gurgel e Laurecy Penaforte, as secretarias de Meio Ambiente e Politicas Públicas para as Mulheres. Os dois assessores e outros cargos comissionados foram exonerados pelo prefeito José Aldemir, ficando o PT sem nenhuma representação legal no governo atual.

Petistas informaram ao Portal Resenha Politika que é pensamento do partido pedir a expulsão de Marcos do Riacho do Meio, em virtude do comportamento considerado escuso do político, que ultimamente revelou sua ótima relação com o gestor.

“Briga por cargos, mas para a casa dele e familiares. O PT não está em quarto ou quinto plano para Marcos do Riacho do Meio. Não serve para os quadros deste partido histórico,” disse um dos fundadores da sigla em Cajazeiras.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *