PRE julga improcedente pedido de cassação do diploma do vereador Marcos Barros


O Procurador Regional Eleitoral Marcos Alexandre B. W. de Queiroga, emitiu parecer a favor da manutenção do mandato do vereador e presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, Marcos Barros.

Contra Marcos Barros, a coligação do então candidato e atual prefeito de Cajazeiras José Aldemir, ingressou com uma ação pedindo a cassação do diploma do vereador, alegando que o mesmo teria sido condenado por improbidade administrativa, em decisão colegiada.

Entretanto, a Procuradoria Regional Eleitoral deu parecer contrário ao pedido da coligação, afirmando: “Ante o exposto, manifesta-se a Procuradoria Regional Eleitoral pelo não CONHECIMENTO da preliminar arguida e, no mérito, pela IMPROCEDÊNCIA do pedido de cassação do diploma pela ausência de inelegibilidade superveniente suscitada”.

Com isso, o processo agora segue para apreciação do pleno do Tribunal Regional Eleitoral para decisão.

COM INFORMAÇÕES DO NOVA OPINIÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *