Pombal: um século e meio de cidade


CLEMILDO BRUNET

Que dizer de uma cidade que chega ao seu sesquicentenário no dia 21 deste mês de julho? Isso mesmo, este ano Pombal completa 150 anos de elevação à categoria de cidade. Nas comemorações de seu Centenário em 21 de julho de 1962, a nossa cidade celebrou a data com uma programação festiva intensa que teve início no dia 16. Segundo o escritor e pesquisador Jerdivan Nóbrega de Araújo em seu livro “Sob o Céu Estrelado de Pombal” a administração do então Prefeito Azuil Arruda de Assis fez valer suas prerrogativas de primeiro mandatário do município, organizando uma festa para celebrar o evento histórico que foi de grande importância para a geração do seu tempo.

Exposição de Gado sob os auspícios da Prefeitura e Banco do Nordeste. Primeira Vaquejada, Alvorada com Banda de música executando a canção Maringá, estampidos de fogos, os sinos das duas Igrejas enriquecendo o alvorecer com seus badalos, instalação da Agência do Banco do Brasil, futebol no estádio Vicente Paula Leite, recepeção a Dom Expedito de Oliveira Bispo de Patos com saudação do Con. Oriel Fernandes pároco da freguesia, inauguração do serviço telefônico, inaugurações dos principais logradouros pelos sistemas de luz florescentes e conclusão da Praça José Ferreira de Queiroga, que por ter sido o local de concentração para a festa passou a ser chamada pelo povo de Praça do Centenário com a inauguração também do Bar Centenário no coreto da praça..

De lá pra cá se deram muitas mudanças tanto no aspecto arquitetônico dos casarios, como no crescimento comercial, bancário e industrial, muito embora que neste último item tem-se registrado algumas baixas como: A desativação das fábricas Sanbra, Brasil Oiticica, Algodoeira Paulo Pereira, Cooperativa Agrícola Mista Ltda, Macarrão Martoci, Café Dácio, Doces Alveron etc. Mesmo assim a cidade tem tido o seu desenvolvimento a despeito de alguns danos e perdas sofrida aos longos dos anos.

No ano de seu centenário em 1962 a zona urbana contava apenas com 8.171 habitantes, hoje segundo estatística de 2010 do IBGE sua população está estimada em 32.443 habitantes. É uma cidade por demais simpática como o são seus moradores; simpáticos, pacíficos e hospitaleiros. Na condição de primeiro agrupamento humano formado no alto sertão da Paraíba, Pombal é uma das cidades brasileiras mais antigas do estado da Paraíba, e é a segunda maior do estado em localização territorial possuindo 889km², o que representa 1,58% da superfície total do estado.

É neste mês de julho que Pombal registra em sua história duas das três datas mais importante da terra de Maringá: 21 de julho de 1862. A Vila de Pombal é elevada a categoria de cidade. 27 de julho de 1698. No sertão das piranhas, lugar conhecido como povoação do Piancó, Teodósio de Oliveira Ledo, fundou o Arraial de Nossa Senhora do Bom Sucesso do Piancó (Pombal).

Sou de uma geração que embora ainda adolescente tivesse a oportunidade de presenciar o momento festivo do Centenário de Pombal em 21 de julho de 1962, acontecimento esse marcado por uma grande festa organizada pela administração do então prefeito Dr. Azuil de Arruda Assis, vejo pela graça de Deus a chegada dos cento e cinquenta anos de nossa urbe, (sesquicentenário), lamentando que estejamos no mês dessas comemorações sem que tenha sido divulgada até agora pelo poder público, qual a programação a ser desenvolvida para marcar esse acontecimento.

Veja que Pombal em 21 deste mês alcança um século e meio de ter sido elevada à categoria de cidade já com status de independência política desde que se tornou Vila em 04 de maio 1772.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *