Poesia de Domingo – “Anjo Iluminado” de Marciano Medeiros


Teu perfume deixou-me extasiado,
pelo aroma de rosa exuberante,
não pude me esquecer um só instante,
dos teus olhos de anjo iluminado.

Revi singelo filme do passado,
onde tinha saudade e desencanto,
verti logo, singelo e triste pranto,
ao ver meu coração abandonado.

Não queria te deixar nenhum segundo,
pois mantive desejo tão profundo,
de poder conquistar teu coração.

Agora já me sinto alegremente,
o meu peito da dor ficou ciente,
quando senti a fagulha da ilusão.

Marciano Medeiros é nascido em Santo Antônio/RN, aos 18 de setembro de 1973. É poeta integrante da Academia Norte-rio-grandense de Literatura de Cordel, além de biografo com dois livros publicados. Atualmente reside em Nova Cruz. Está preparando seu livro de sonetos, que pretende lançar ainda este ano. Está divulgando este primeiro verso na internet e confessa que temo recebido muitos estímulos para que prossiga na velha arte de Camões.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *