[PEPÉ PIRES FERREIRA] Eleições 2014 – Perspectivas e Expectativas


camara-dos-deputados-vazia

Estamos nos umbrais das escolhas de pré-candidatos para as próximas eleições que definirão os destinos do pais, e por conta da geografia, de nossa cidade (em se considerando que Cajazeiras ainda deva pertencer ao Brasil…). Então nossas lideranças estão a escolher seus candidatos a Deputado Federal, aqueles que definem tempo de televisão, representatividade partidária, e emendas para obras com verbas federais, etc., e desses que se apresentam, nenhum saído de nossa política local, ou mesmo da nossa micro região, teremos que nos contentarmos em pegar carona em projetos políticos alienígenas.

Isso, porque, salvo lapsos da história (Edme Tavares, Ivan Bichara em tempos idos), nossas lideranças sempre se preocuparam em 90 % de seu tempo, com a política da cidade, deixando “os grandes temas” , para outra oportunidade, que eleição após eleição se repete, a candidatura de Jeová Campos na última eleição pode ser considerada uma exceção, pois que de última hora, os eleitores, e principalmente as lideranças que podiam somar, já haviam se comprometido com outros candidatos.

Agora se apresentam Wellington Roberto, Efraim Filho, Wilson Filho, todos estes de outros carnavais, e a novidade seria Lucélio Cartaxo, irmão de Luciano, o prefeito de nossa Capital, apoiado pelo dep. Vituriano, que vou tecer considerações específicas:

Este último, aparentemente para mim, pessoalmente seria o candidato ideal: da família: Cartaxo por parte da mãe,e Pires pro parte do pai, este primo legítimo de Dr. Waldemar, mas, como cajazeirense, tenho que reconhecer que a vida política dele e de seu irmão Luciano, que além disso, é casado com uma nossa conterrânea,  filha de um dos mais conhecidos caminhoneiros daqui (o popular Neneca) têm, como base principal João Pessoa, e ainda o fato de que têm laços familiares em Sousa…

Então, todos eles são diferentes de um Jeová, ou do saudoso, porém vivo Edme Tavares, que como tinham como base eleitoral principal nossa terra, toda uma carreira política, etc., puxariam, e no caso de Edme, puxou, a sardinha p’ra nossa brasa, O IF (antigo CEFET) é uma prova inquestionável…

A gente pode se lembrar do caso da fac. de medicina, enquanto os Deputados Federais sousenses e patoenses faziam campanha aberta para que fosse pelas suas respectivas cidades, por aqui, não dispúnhamos de representante algum, e se não fosse o pedido pessoal do Sen. João Vicente Claudino a Lula, reforçado pela atuação a nosso favor do reitor Thompson Mariz, dificilmente esta seria aqui instalada como foi, os nossos deputados e senadores (entre eles os pais de alguns hoje candidatos), optaram por uma solução salomônica (aquele rei que queria cortar a criança no meio para agradar às duas supostas mães): “Quem ganhar eu dou meu apoio!!” quando o problema era exatamente ganhar…

Infelizmente a única pessoa com os atributos que apresentei no começo seria nosso ex-prefeito Carlos Antônio, mas por questões legais, está impossibilitado. Lamenta-se.

Então nos resta fazer com que os candidatos possíveis se comprometam com uma agenda mínima que represente o que mais cajazeiras precisa, e se comprometer a trabalhar por ela; seria o mínimo para exigir deles, e torcer pelo improvável: Que não se tratem de meras promessas pré-eleitorais.

P.S. : Registra-se o falecimento do Sr, Geraldo Piauí, entre outras coisas, pai de três amigos de longa data: Josival, Adjamilton e Jarismar Pereira. Nossos pais estão se indo; em pouco vamos todos nós…

 

ART_PEPE

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *