Pensando a nossa caminhada no Açude Grande

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

A caminhada é hoje um dos grandes “remédios” para muitos dos males que estão a atingir a humanidade. Não à toa, sempre indicada pelos médicos, nutricionistas e outros mais profissionais que estão a cuidar da nossa saúde física e mental.

Desde que aqui cheguei de vez, pós minha graduação em Educação Física, entrei na briga pelos desejos meus e de muitos outros cajazeirenses e cajazeirados com relação ao desenvolvimento dos esportes e das atividades físicas em nosso município.

Lutei desesperadamente para que pudéssemos construir, dentro das possibilidades da nossa terra, uma pista de atletismo para que neste espaço tivéssemos à descoberta de muitos valores adormecidos e sem nenhuma oportunidade, mais além, ela seria importante na luta que travamos diariamente para não vermos os nossos jovens no caminho das drogas. Infelizmente, não conseguimos.

Também não entendia e continuo a não entender como uma cidade do porte de Cajazeiras, tida como a terra que ensinou a Paraíba a ler, ainda não tem um Ginásio de Esportes. Infelizmente, ainda não encontramos um administrador que veja como nós vemos este problema.

Hoje a nossa batalha, apesar de já aposentado, mas, ainda lutando e trabalhando cada vez mais por Cajazeiras, consiste em fazer com que as nossas autoridades municipais e estaduais possam dar uma “olhadinha” lá no Açude Grande, que continua abandonado, entra administração, sai administração. Ele que é o nosso cartão postal não vem tendo o merecido respeito que deveria ter por parte dos nossos administradores.

Pois bem, no seu calçadão, onde centenas de cajazeirenses e cajazeirados estão a realizar de forma “penosa” a sua atividade física da caminhada a “coisa está feia” e piorando a cada dia. Nós que diariamente usamos este espaço, temos que “brigar” contra os buracos e com o desnível da calçada que nos causa muitos transtornos na nossa coluna, pernas, joelhos e vai por ai afora, com os animais, e com as bicicletas.

Cajazeiras não tem nenhuma área como essa do Açude Grande, onde façamos, de forma tranquila, sem o temor de atropelamento de um automóvel, de uma moto e ou bicicleta, a nossa atividade física que é a caminhada. Gostaria e aqui faço mais um dos muitos apelos que já o fiz, para que as nossas autoridades pensasse de forma carinhosa nessa nossa caminhada no Açude Grande, acho que não custa nada observar o calçadão com a colocação daqueles tijolinhos que, além de nos tranquilizar quando ao “andar”, ainda daria uma beleza ao nosso velho e esquecido Açude Grande de Cajazeiras.

Francisco Martins da Silva, Presidente do CREF10/PB

Ao cumprimentar todos os profissionais de Educação Física do Estado da Paraíba, “artífices do corpo”, no dizer de J. Bento, e guardiães da saúde e do bem estar da população, em nome do CREF10/PB, expresso meus votos de um feliz dia e conclamo a todos para, conjuntamente continuarmos a lutar pelo fortalecimento da profissão e legitimação do profissional de Educação Física. A Luta e as conquistas são de todos, para todos, o tempo todo. O CREF somos todos nós. Essa foi a mensagem do professor Francisco Martins da Silva, presidente do Conselho Regional de Educação Física por ocasião das comemorações do 1º de setembro, dia do profissional de Educação Física.

Jackinha

O Atlético Cajazeirense de Desportos acaba de anunciar a primeira contratação para a temporada 2020. Quem fechou com o Trovão Azul do Sertão foi o bom lateral Jackinha que assim voltará a vestir a camisa do Mais Querido do Sertão. Lembrando que teremos uma temporada mais longa em futebol para o Atlético que disputará o Campeonato Paraibano e participará como o terceiro colocado na atual temporada desta competição, o Campeonato Brasileiro da Série D e vai lutar com força e determinação para ter acesso a Série C em 2021. A diretoria aposta em uma grande temporada e para tanto promete um time forte e competitivo.

BOLA DENTRO

Para o trabalho que já se inicia por parte do Atlético Cajazeirense de Desportos planejando com muita vibração a temporada 2020 do Mais Querido do Sertão. Isso merece uma NOTA 10!

BOLA FORA

Para alguns acontecimentos vindos por parte dos clubes que disputam a segunda divisão do paraibano nesta temporada 2019. Muitos clubes e poucos com condições de disputar essa competição. Isso merece uma NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *