Pedras no subsolo atrasam cronograma da obra da unidade do Sest/Senat de Cajazeiras


As obras da unidade do Sest/Senat em Cajazeiras, não estão dentro do cronograma traçado na Ordem de Serviço. Segundo o empresário Arlan Rodrigues, o atraso ocorreu em função da presença de pedras no subsolo. Isso terminou atrasando os trabalhos, que vinham sendo executados em ritmo acelerado.

A Ordem de Serviço para a construção da obra foi assinada no dia 27 de julho de 2018 e deveria ficar pronta no mês de agosto, num investimento de R$ 21 milhões. A obra está sendo executada pela A&C Construções.

O Sest/Senat terá 1.930 m² de área construída e capacidade de realizar 2.184 atendimentos por mês na área de saúde e certificará, em média, 400 alunos por mês, em diversos cursos de diversas áreas. Trata-se de mais uma obra que já está gerando emprego na construção civil e movimentando a economia local.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *