Paraíba recebe 56 caminhões-pipa


carro-pipa

Mais de 50 municípios da Paraíba receberão reforço do Governo Federal por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) fará a doação de 56 caminhões-pipa nesta segunda-feira, às 10h, na Associação Comercial e Industrial de Patos, para minimizar os efeitos da seca em municípios localizados na região semiárida do estado, ajudando mais de 35 mil famílias de agricultores familiares.

O Semiárido brasileiro abriga 1.135 municípios. Dos 223 municípios paraibanos, 170 estão localizados nessa região, o que representa 76,23%. O estado fica atrás apenas do Rio Grande do Norte, que registra mais de 88% dos municípios em situação de seca, e do Ceará, com 81,52%, segundo dados do último Censo Demográfico para o Semiárido Brasileiro, de 2010.

“Todos estão sofrendo com a estiagem. As prefeituras vão poder usar os caminhões-pipa, por exemplo, para fazer açudes, para ter onde acumular água”, exemplifica a delegada federal do MDA na Paraíba, Giucélia Araújo. Ela conta que alguns prefeitos têm que alugar caminhões para ter acesso à água. “Agora, com os caminhões doados, não precisarão mais ter esse gasto”, diz.

O investimento para aquisição dos caminhões-pipa será superior a R$ 14,7 milhões, beneficiando 220 mil pessoas no campo. Até o final das entregas, previstas para o primeiro semestre de 2014, o Governo Federal terá atingido uma população rural de 907 mil paraibanos – do total, 147 mil famílias só de agricultores familiares.

Agricultura  – Até 2006, data do último Censo Agropecuário, 89% dos estabelecimentos no campo pertenciam a famílias de agricultores familiares. O destaque da participação dos agricultores familiares na produção vai para o arroz (92%), mandioca (88%) e feijão (88%).

Na região de Cajazeiras, receberão caminhões-pipa os municípios de: Bernardino Batista, Bonito de Santa Fé, Cachoeira dos Índios, Santa Helena e Uiraúna.

COM INFORMAÇÕES DO JORNAL DA PARAÍBA

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *