Padre diz que Hospital Regional de Cajazeiras se tornou bodega política


O ex-vice-prefeito de cajazeiras, Padre Francivaldo do Nascimento Albuquerque, fez uma grave denúncia que envolve o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC) e alguns candidatos a deputado estadual da base do governo.

De acordo com Padre Francivaldo, o HRC se tornou uma “bodega política” e um “balcão de votos”, pois os candidatos a deputado estadual que são aliados do Governo do Estado estariam disputando quem encaminha mais pessoas para cirurgias eletivas.

“O hospital tem se transformado numa verdadeira bodega política, num balcão de votos, onde as três candidaturas estaduais da base do governo disputam quem encaminha mais cirurgias no hospital de Cajazeiras, e isso não é bom”, denunciou o padre.

Padre Francivaldo acredita que o governador Ricardo Coutinho não sabe desse suposto “balcão de votos” e afirma que a diretoria do HRC pode estar sendo chantageada.

“Saúde é para salvar vida, não para fazer votos. Quando os políticos usam a saúde para fazer votos, eles começam a matar a política e as pessoas”, disse.

Através de sua assessoria de comunicação, a direção do Hospital Regional de Cajazeiras negou peremptoriamente as acusações do Padre Francivaldo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Na noite desta quinta feira (12), uma notícia/opinião de forma equivocada, foi veiculada na imprensa local, dando conta de que supostamente o Hospital Regional de Cajazeiras, estaria “servindo de balcão de votos” para pré-candidatos ao legislativo estadual, no que diz respeito à realização de procedimentos cirúrgicos eletivos. Dessa forma, se faz necessário alguns esclarecimentos:

O Hospital Regional de Cajazeiras consiste em uma instituição de saúde pública pertencente à rede de Urgência e Emergência do Estado da Paraíba, onde atende os quinze (15) municípios do Sertão Paraibano, e não existe bandeira, nem cor partidária. O HRC trata-se de um serviço onde a única e exclusiva prioridade, é a vida;

As cirurgias eletivas, não são marcadas/reguladas pela Unidade Hospitalar, todos os procedimentos eletivos, são devidamente regulados por cada Município, e em seguida, validados pelo Ministério da Saúde. O Hospital Regional de Cajazeiras, apenas executa os procedimentos pré-agendados, sem qualquer interferência política.

A direção do HRC se coloca a disposição para quaisquer esclarecimentos que considerem necessários.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *