Outra realidade, mas, parabéns ao Belo

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

Futebol é 11 contra 11. Verdade. E quantas mil vezes já escutamos essa fala? Nem sei quantas eu escutei isso. Mas, se numericamente, isso se iguala, dentro de campo, fora dele a estrutura de alguns clubes de futebol, seja aqui, ali ou acolá é infinitamente superior e, essa estrutura, lá na frente, é que fará a diferença. Entra em campo o chamado investimento em contratações de boa qualidade que lhe são possíveis pelos chamados orçamentos via parcerias.

Fiz esse preâmbulo, para ressaltar aqui o jogo da final da Copa Nordeste, Botafogo PB X Fortaleza. Bem verdade que, como paraibano que somos, a nossa torcida foi toda ela para o Botinha da Capital, mesmo porque, o título vindo para a Paraíba colocaria o nosso Atlético na Copa do Brasil 2020. Mas, fiz vários comentários que apontava para a direção do favoritismo do time cearense. Existe uma superioridade técnica individual e coletiva muito grande entre o Belo e o Leão, não se pode comparar. Até que, em Fortaleza, o Botafogo não foi decepcionante, muito embora o Leão do Pici tenha massacrado em posse de bola o nosso representante, este, vendeu caro aquela derrota na arena Castelão.

Confesso que mesmo entendendo o profundo desnível técnico entre o Fortaleza que é um time da Série A e o Botafogo que joga a Série C, eu esperava mais do nosso Belo em João Pessoa no Almeidão superlotado com o apoio da sua imensa torcida. Pressionado e nervoso com um gol que levou logo no início o Botinha fez um primeiro tempo horroroso, muitos passes errados, muitas bolas perdidas e via no semblante de seus jogadores o sentimento de derrota iminente como quem não acreditando.

No segundo tempo, o Botafogo veio mais animado e disposto, mas, o Fortaleza jogando com uma vantagem enorme, “cozinhou” o jogo sob o olhar do fraco árbitro norte riograndense. Se o titulo não veio desta vez para a capital, temos é que aplaudir o Botafogo da Paraíba, afinal de contas, fez uma Copa Nordeste perfeita, chegando a sua final e, batendo muitos times que aparentemente, pelo menos na teoria, são mais fortes que o nosso representante.

Agora é continuar a luta na Série C, hoje o time é o terceiro colocado, e brigar como vem acontecendo nestas últimas edições desta competição para chegar ao acesso à Série B do Brasileirão. Creio que, pelo nível desta competição e pelo desempenho que o Botafogo vem tendo na Série C, ele é sério candidato a, no final desta fase de classificação, figurar entre os times do G 4 que estarão no mata mata final a indicar quem sobe à segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2020. Como paraibano, torço pelo Belo.

Escolinha de Tênis

Cajazeiras já tem em andamento um bom trabalho no Tênis, pois bem, agora, estamos a anunciar que o professor Francisco (Chico), está ministrando aulas de iniciação para crianças, jovens e adolescentes que estão a se interessar por esta belíssima modalidade. As aulas estão acontecendo no Campestre Clube de Cajazeiras e aqueles pais que queiram colocar os seus filhos para iniciar a fase de aprendizagem é só procurar o professor para fazer as matriculas dos seus meninos e meninas. Esse é mais um grande trabalho em Cajazeiras e que merece os nossos aplausos e apoio.

Definida

A Secretaria de Esportes já deu a conhecer a definição da tabela do Campeonato de Futsal Masculino nas categorias Sub 13, 15 e 17. A competição será iniciada no dia 09 de junho com uma rodada que programa três partidas com jogos de cada uma das referidas categorias. Assim a tabela marca a seguinte programação: Na categoria Sub 13, 8 horas e 30 minutos na AABB, AABB X Ajax; na sequencia teremos: No Sub 15, AABB X Cristo Rei e no último jogo dessa rodada inaugural, no Sub 17, a AABB vai enfrentar o time da Zona Norte.

BOLA DENTRO

Para a festa promovida pelos dirigentes do Sub 19, quando da apresentação do time para o paraibano desta categoria. As dificuldades são enormes, mas, o amor pelo Atlético supera tudo. Parabéns para todos os envolvidos. Isso merece a NOTA 10!

BOLA FORA

Para os nossos representantes, Campinense, Treze e Serrano seguem decepcionando no brasileiro. O Galo continua como no paraibano, sem vencer. Campinense vai deixando o sonho de classificação ficar longe e o Serrano é o lanterna. juntos merecem a NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *