Orgulho de ser atleticano

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

O campeonato paraibano, edição 2019, terminou para o nosso representante, o Atlético Cajazeirense de Desportos. Foi doloroso? Podia até aqui dizendo que sim, mesmo porque todos os analistas da imprensa esportiva paraibana creditavam ao Trovão Azul do Sertão, ser ele o finalista desta competição, mas, não deu, o Atlético empatou em Cajazeiras, 1 a 1 com o Campinense e, como determinava o regulamento do campeonato o jogo foi para as penalidades para definir o vencedor e consequentemente o clube finalista do paraibano e, o Mais Querido do Sertão acabou eliminado.

No entanto, quem foi ao Colosso das Capoeiras e presenciou a partida viu um massacre atleticano em cima do rubro negro de Campina Grande, mas, o futebol é interessante porque muitas das vezes quem joga melhor ou quem tem mais posse de bola e finalizações, nem sempre ganha, o futebol é assim mesmo.

Pois bem, finalizada a partida, vi e comprovei o amor que o torcedor nutre pelo Atlético Cajazeirense de Desportos, de pé, todo o estádio através dos seus torcedores, aplaudiu os seus dirigentes, jogadores e comissão técnica, mostrando assim o  agradecimento pela campanha fantástica realizada pelo representante cajazeirense. Foram 24 pontos ganhos, o time venceu em 7 partidas e foi derrotado em apenas 2 jogos, marcou 19 gols e sofreu 13. Foi tido pelos companheiros da imprensa esportiva paraibana como o time a ser batido, tem mais, o futebol praticado e desenvolvido pelos seus jogadores encantou a todos que o viram atuar Paraíba afora.

Alguns dos seus jogadores estão sendo cobiçados por muitos dos clubes Brasil afora, casos de Bruno que foi pretendido pelo Treze para as disputas da Série C, entretanto o nosso artilheiro segue para o Oeste para as disputas da Série B do Brasileirão e mais Felipe, Ferreira, Mendes que vai para o futebol português.

O Atlético Cajazeirense de Desportos voltou a ser aquele time em que todos o temia, seja em jogos cá no Colosso das Capoeiras ou lá na casa do adversário. Agora o time se voltará para o início de um trabalho de base e para tanto terá participação no Campeonato Paraibano Sub 19 e, com certeza, esse projeto nos dará um grande futuro em termos da descoberta de talentos de futuros craques para o clube.

Neste momento, cabe-nos afirmar que o Atlético fez uma temporada que trouxe de volta ao seu torcedor o sentimento de profundo amor e orgulho em se dizer, atleticano. Que 2020 chegue logo no futebol para vermos mais uma vez o nosso time disputando uma competição nacional e que venha tão bom como foi 2019.

Belo

O torcedor atleticano foi informado que haverá ainda uma chance do seu clube disputar a Copa do Brasil 2020 como mais um representante do futebol paraibano. E qual a possibilidade? Ela pode vir via Copa Nordeste já que o campeão desta competição se classifica atualmente para a Copa do Brasil. Se o Botafogo de João Pessoa que faz uma fantástica campanha no Nordestão for o campeão, a Paraíba terá mais uma vaga e ela será para o time q         ue conseguir a terceira colocação, como o Atlético deve confirmar está posição pela soma de pontos, será ele que vai para a premiada Copa do Brasil.

Água e luz

Tenho acompanhado, mesmo de longe, o fantástico trabalho que faz o secretário de esportes do nosso município, Ninha, com relação a luta que vem travando para melhorar a estrutura do Estádio Higino Pires Ferreira. Ninha já encaminhou ofício ao Prefeito José Aldemir solicitando uma máquina para perfurar um poço para que tenha água em abundancia para o tratamento que será dado ao gramado que vai sofrer uma reestruturação por completo. Com relação a energia, sonho de todos os desportistas do futebol amador, tudo faz crer que muito em breve, logo que seja entregue os postes que servirão para a colocação dos refletores, o sistema de iluminação estará pronto.

BOLA DENTRO

Para o público presente ao Estádio Perpetão no jogo Atlético 1 Campinense 1. Simplesmente sensacional. Superlotação nas arquibancadas sombra e sol e, tudo dentro muita paz. Parabéns galera atleticana você é NOTA 10!

BOLA FORA

Para o sofrimento que foi a nós desportistas, chegar até os portões de entrada do Perpetão com muita água e lama tivemos um tremendo sufoco para entrar no estádio. Isso merece uma NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *