Padre Levi e a mão da mulher


O deputado e padre Levi se dirigia a Cajazeiras, num jipe, quando uma mulher pediu carona. Ele, imediatamente, mandou o motorista parar o carro.Na hora de entrar no automóvel, muito apertado, a mulher terminou apoiando a mão exatamente sobre a braguilha do deputado.

Ao perceber o engano, a mulher, atarantada, imediatamente retirou a mão. O padre reagiu tranquilizando a mulher: “Pode deixar a mão ai, minha senhora!” E arrematou: “Estas partes já foram bentas por nosso bispo…”

jipe-azul

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *