TATYANA

Onda de assaltos e furtos continua em Cajazeiras: nem as crianças escapam

Motocicletas são tomadas em plena luz do dia

8
AM3 – 250×250

A onda de insegurança vem crescendo assustadoramente em todo o país. Em Cajazeiras, no Sertão do estado, duas crianças foram vítimas de um assalto.

Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu na rua Coronel Peba, no Centro da cidade. As crianças estavam andando pela rua quando foram surpreendidas por dois bandidos. Um deles anunciou o assalto e o outro ficou a poucos metros de distância, dando cobertura ao comparsa.

A ação que durou poucos minutos foi registrada através de câmeras de segurança daquela localidade. Após o assalto, os bandidos foragiram do local com os pertences das vítimas e tomando rumo ignorado.

A PM realizou diligências e estão analisando as imagens das câmeras para identificar e prender os acusados.

Mototaxistas de Cajazeiras dizem temer pela vida

Os mototaxistas de Cajazeiras estão trabalhando temerosos com a onda de assaltos que está acontecendo na cidade. Ao longo dos últimos dias, vários mototaxistas foram vítimas da criminalidade.

Cícero Bezerra, que trabalha há sete anos na profissão, diz nunca ter sido vítima de assalto. Porém, a atual situação deixa a classe bastante preocupada.

“Nós estamos trabalhando com medo porque somos alvos fáceis de serem assaltados, porque a gente não pode andar nem com um canivete no bolso”, revelou.

A maioria dos mototaxistas trabalha o dia inteiro e à noite, e a onda de assaltos os deixa com medo, até mesmo de perderem suas vidas.

“A gente tem que dar graças a Deus de ficar vivo. Deus bota a mão no meio pra gente sair pelo menos vivo, porque se você reagir já está correndo o risco de ficar lá no chão morto”, disse.

Em nome da categoria, Cícero fez um apelo por mais segurança. Ele pede à Polícia Militar que aumente o efetivo nas ruas e realize mais rondas ostensivas.

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.