Obras de saneamento em São José de Piranhas estão paralisadas há mais de 3 anos


Uma obra importante para o bem do povo e uma exigência do Ministério do Meio Ambiente para a chegada das águas, da transposição, em solos de São José de Piranhas está parada há pelo menos três anos e meio. Um prejuízo enorme e uma falta de vontade política.

A empresa que começou a todo vapor a obra, no final de 2013, chegou a concluir apenas 51% do projeto e parou sem dar explicações deixando a cidade esburacada. Daí para cá o governo do estado se calou sobre o não andamento da execução dos serviços.

A população de São José de Piranhas se mostra intranquila, já que o governo federal, através do Ministério da Integração Nacional, garantiu concluir o eixo norte da transposição até o final de 2017, e a falta da conclusão do esgotamento em São José de Piranhas compromete a chegada das águas em solo piranhense.

Na época a empresa foi embora e deixou de pagar a donos de máquinas, caçambas e ainda deu calotes em comércios. A extensão de toda a  obra é de 21 km, mas a empresa só realizou serviços em 10 km, pouco menos de 51% ainda assim deixou os trabalhos inacabados. Em muitas ruas os próprios moradores pagaram  para retirar os entulhos e liberar o trânsito.

O deputado estadual, Jeová Campos (PSB), é natural de São José de Piranhas, faz parte da bancada do governo do estado, mas mesmo assim não esboça nenhuma ação junto ao governador para pedir o recomeço dos serviços de esgotamento sanitário na cidade.

COM INFORMAÇÕES DO TRIBUNA 10

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *