O preconceituoso

A COLUNA DE RUI CÉSAR VASCONCELOS LEITÃO

Todo preconceituoso é falso moralista e tem uma mentalidade promíscua.  O pior é que muita gente exerce o preconceito com certo orgulho. Mas não deixa de ser uma manifestação de ignorância. Racismo, sexismo, discriminação étnica ou religiosa, são as formas mais conhecidas de preconceito nocivo. E assistimos essa prática encarada com naturalidade por muitos, mas que merece forte reação de quem não compactua com esse tipo de comportamento. Ainda mais quando se observa que o preconceituoso é alguém que deveria dar o exemplo de civilidade e de respeito às diferenças.

Porém, o preconceituoso nunca admite a sua intolerância. Busca em sua defesa o argumento de que é uma pessoa brincalhona, que costuma falar o que pensa no exercício da liberdade de expressão, sem a intenção de humilhar ou ridicularizar alguém. Os ultraconservadores, fundamentalistas ou reacionários, têm geralmente o perfil do preconceituoso. Eles insistem em confirmar suas próprias crenças, mesmo que em detrimento da honra e da dignidade de outros.

Quando flagrado na verbalização de uma frase preconceituosa, tenta minimizar os efeitos danosos de sua manifestação, procurando disfarçar o ato que mereceu críticas, na intenção de evitar um estigma de sua personalidade. E diz que foi mal compreendido. O espírito engraçado não foi percebido. Isso é muito comum quando o preconceituoso é um político. De repente percebeu o cometimento de um ato falho que pode comprometer sua popularidade, e procura se redimir da besteira que disse ou fez. Entretanto, o estrago já está feito. Palavras ditas não voltam atrás, como nos ensina um velho ditado do povo.

É difícil esquecer ofensas, desprezos ou humilhações sofridas. Não há justificativas que convençam o ofendido a aceitar desculpas esfarrapadas. Fica a marca da afronta e do insulto causados. Principalmente por quem foi alvo da desconsideração, do desapreço e do desrespeito de quem tinha a obrigação de tratá-lo com atenção e reverência.

A melhor resposta aos preconceituosos é a indiferença. Só assim eles são atingidos na sua vaidade exacerbada, ao se julgarem acima de outros, a partir de uma visão equivocada de realidades e de juízos de valor.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *