Categorias
PALANQUE

O Padre Rolim na campanha eleitoral

[dropcap style=’box’]N[/dropcap]a campanha eleitoral para prefeito de Cajazeiras, em 2000, o médico Carlos Antônio cunhou o seu famoso bordão: “Cajazeiras, meu amor! Cajazeiras, minha paixão!”, quando levantava a massa presente aos comícios.

Naquele período, A campanha estava embalada e coincidia com a celebração do Bicentenário do Padre Rolim. A turma do marketing de Carlos Antônio, malandramente, não pensou duas vezes e mandou imprimir milhares de adesivos com a logomarca do bicentenário de nascimento do padre associada ao bordão e fez distribuir durante o desfile cívico do dia 22 de agosto.

Enquanto alguns torceram o nariz para o que disseram ser oportunismo, a ação foi bem recebida pela maioria das pessoas presentes ao desfile. Os adesivos esgotaram-se rapidamente.

Por CHRISTIANO MOURA

Christiano Moura é paraibano de Cajazeiras. Jornalista, radialista e multimídia. Membro da Academia Cajazeirense de Artes e Letras (Acal).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *