MP vai apurar supressão de área pública para beneficiar loteamento em Cajazeiras

COTIDIANO

TATYANA
AM3 – 250×250

[dropcap style=’box’]A[/dropcap] promotora Sarah Araújo Viana de Lucena, da 4ª Promotoria de Justiça de Cajazeiras, foi designada pela portaria nº 18/2019 para apurar denúncia anônima informando possível desmembramento e loteamento de áreas verdes e institucionais nos loteamentos Colina do Oeste e Boa Vista, todos localizados em Cajazeiras (PB).

O Inquérito Civil Público nº: 038.2019.000834 ainda vai averiguar pavimentação de açude para construção de rua no Loteamento Boa Vista causando possível impacto ambiental, além de suposta supressão de espaço público no que concerne à alegada redução do local conhecido como Praça da Bíblia.

A construção dos loteamentos deu-se durante a gestão da prefeita Denise Albuquerque (2013-2916) e serão alvo de inquéritos abertos pela promotora Sarah Araújo Viana de Lucena.

A investigação sobre os loteamentos se iniciou após o atual prefeito do município, José Aldemir (PP), suspender a aprovação e o cadastramento dos loteamentos feitos durante a gestão anterior. Além da suspensão  da construção e dos cadastramentos, José Aldemir também determinou a instauração de uma Auditoria Interna para a apuração de possíveis irregularidades.

COM INFORMAÇÕES DO REPÓRTER PB E POLÊMICA PARAÍBA
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.