Missa de Cinzas na Catedral da Nossa Senhora da Piedade marcou início da Quaresma


Teve início quarta-feira, mais um tempo de “Quaresma” oportunidade em que a Igreja dedica-se a cuidar especialmente do interior; do espírito, convidando os cristãos, a voltar para o Senhor. A “Quarta-feira de Cinzas” tem um significado e importância todo especial para o cristão católico, que procura viver as observâncias do Evangelho que convida: “Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar em pé, nas sinagogas e nas esquinas das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo, eles já receberam a sua recompensa. Ao contrário, quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e reza ao teu Pai que está oculto.” (Mt 6 5,6)

É um tempo de grande e modesta discrição, de rebaixamento de nosso orgulho e vaidade para dar espaço a uma oração sincera e que venha do coração. Na Missa de Cinzas ontem na Catedral da Piedade, Dom José González Alonso, que presidiu a Celebração, falou de três aspectos que os cristãos devem procurar intensificar neste tempo. “O apelo de Deus, o convite da Igreja e o desejo de cada um de nos comprometermos com a Oração, a Caridade e o Jejum, assim caminhar rumo à Pascoa de Jesus”.

As cinzas são postas sobre a nossa cabeça não apenas como um gesto de devoção, mas também de convicção de que queremos nos converter e dar credibilidade ao Evangelho. O período da Quaresma é também oportunidade para vivermos a devoção através da Via Sacra e orações em família, disse o bispo.

Estavam na Celebração também, o Padre Antônio Luiz do Nascimento; o Padre Agripino Ferreira e o Padre Silvio. Um grande número de fiéis também acompanhou a concelebração.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *