Ministério das Cidades cancela recursos para revitalização do Açude Grande


açude-grande-set-2015

A imprensa de Cajazeiras repercutiu muito, nos últimos dias, recente decisão do Ministério das Cidades, de cancelar recursos na ordem de R$ 7 milhões destinados em emenda parlamentar no Orçamento da União para o projeto de revitalização e urbanização do entorno do histórico Açude Grande de Cajazeiras.

De acordo com as com as informações, em seu parecer emitido, o Ministério das Cidades alegou a necessidade do corte de gastos do governo federal para equilibrar o orçamento. Os citados recursos haviam sido anunciados pelo deputado federal Agnaldo Ribeiro (PP), que também ocupou o Ministério das Cidades.

O projeto vinha sendo discutido há alguns anos, principalmente pelos movimentos organizados da sociedade, liderados pela Associação dos Cajazeirenses e Cajazeirados do Ceará (AC3), Associação dos Cajazeirenses em Brasília (AC2B) e Movimento dos Amigos de Cajazeiras (MAC), além de representações de várias instituições e clubes de serviço da cidade.

A ideia era executar um projeto de resgate histórico do açude, criando novos horizontes de crescimento e desenvolvimento sustentável para a cidade, a partir da implantação de uma estrutura recreativa capaz de impulsionar a atividade turística no privilegiado local.

As entidades envolvidas no debate e a própria gestão municipal de Cajazeiras ainda não se pronunciaram sobre essa decisão. Antes, já se comentava que a cidade poderia perder esses recursos disponibilizados no orçamento, em virtude da ausência de projetos arquitetônicos e executivos para sua execução.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *