Michelle retoma a credibilidade do Paraibano

A COLUNA DE REUDESMAN LOPES FERREIRA

Eleita com a bandeira da moralidade e da volta da credibilidade do Campeonato Paraibano, a presidenta da Federação Paraibana de Futebol, Michelle Ramalho, vai cumprindo a sua palavra e levando uma das bandeiras que a fez chegar ao poder do futebol no nosso estado

Sendo assim, ela começa a ganhar a confiança e o carinho, não apenas dos desportistas, mas, nestes tempos que respiramos muita corrupção no nosso país, Michelle, vai recebendo reconhecimentos, aplausos e elogios da população em geral.

Tive a honra de conhecê-la quando da sua primeira visita a Cajazeiras, no pouco tempo em que conversamos, senti naquele momento que Deus havia mandado aquela menina para fazer valer a salvação do futebol paraibano, tirando-o das páginas policiais e levando-o para o noticiário puramente esportivo.

Sei, como um homem que acompanha o futebol paraibano desde que me “tornei gente”, essa era uma expressão muito usada pela minha inesquecível Mãe Velha, Lica Lopes, minha mãe avó, e como sei, que não é fácil o trabalho de “limpeza” que Michelle vem realizando, principalmente no foco central da corrupção no futebol que é a arbitragem, aqui e acolá leio e vejo o “mi mi mi” daqueles que teimam em querer voltar a “arbitragem paraibana”, uma vergonha. Mas, graças a Deus, Michelle não cede a essa boba pressão que ainda vimos, infelizmente, chegando até a presidenta.

Estamos entrando agora na oitava rodada e o campeonato paraibano vai sendo disputado dentro daquilo que chamamos de “pura competência”, ou seja, quem tiver time com futebol bem jogado, esse com certeza será o vencedor. Para a felicidade de muitos que, como eu, já não mais acreditava em um campeonato paraibano disputado dentro de campo, até essa sétima rodada, essa competição vem sendo conduzida de forma muita limpa, sem nenhuma contestação.

Acredito que aqueles resultados que já vinham no “bolso” dos homens do apito, esses ficaram no passado. Aqui na Paraíba camisa não ganha mais jogo, isso também ficou como cenas a se lastimar de capítulos de uma triste história que envergonharam o futebol paraibano.

Que Deus possa fortalecer cada vez mais Michelle para que ela possa seguir esse caminho da ética, dos valores e sobre tudo do combate a corrupção na fabricação de resultados que fez vários sujos e corruptos campeões no futebol paraibano. 2019 com certeza será um campeonato que marcará o futebol deste estado e com certeza teremos um verdadeiro campeão.

Cadê a ACEP

Está cada vez mais difícil das emissoras de rádio fazerem as suas transmissões quando elas saem das suas cidades. É sofrimento, aliás, acho que é falta de condições nos estádios e campos de futebol do nosso Estado da Paraíba. Mas, tudo passa pela entidade que congrega os cronistas esportivos da Paraíba, falo da nossa ACEP. Seu presidente deveria sair do seu birô em João Pessoa e trabalhar na fiscalização junto a FPF e a SEJEL no sentido de minimizar a agonia que é transmitir um jogo fora da sua sede. Quando se vai para outra praça esportiva sempre nos coloca em locais de péssimas condições essa rotina continua e precisa de um basta.

Mais dois

O Campeonato Paraibano segue liderando e com larga margem à frente dos demais estaduais Brasil afora, quando o assunto é demissão de treinadores. Nesta sétima rodada que foi finalizada no domingo 24, mais dois técnicos foram demitidos, Marcinho Guerreiro, deixa o Treze com 0% de aproveitamento, ele comandou o Galo em três jogos e perdeu todos, Kleber Romero já foi definido como o novo treinador do Treze. Em Patos, após a vitória da Raposa sobre o Canário foi a vez de Maurílio Silva deixar o Nacional e Patos e partir para comandar o Altos, em seu lugar entra o ex-jogador Delany.

BOLA DENTRO

Para a possibilidade de lançamento do Álbum Comemorativo dos 70 anos de Fundação do Atlético Cajazeirense de Desportos. Um sonho que poderá se tornar realidade graças ao FUMINC. Isso merece uma NOTA 10!

BOLA FORA

Para o péssimo tratamento oferecido pelos funcionários do Amigão a imprensa esportiva de Cajazeiras quando da partida Treze X Atlético. Infelizmente a Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba tá nem ai para esses abusos e maus tratos que se repetem. Isso merece uma NOTA 0!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *