Mais de 8 mil pessoas são abastecidas por carros-pipa na zona rural de Cajazeiras


A situação continua crítica na zona rural de Cajazeiras, em função da falta d’água. O inverno não foi suficiente para encher os açudes e ainda existe a necessidade da perfuração de poços e da continuidade da Operação Pipa, do Governo Federal, administrada pelo Exército Brasileiro.

Segundo a coordenadora do programa em Cajazeiras, Maria de Fátima Freitas, a Dodô da Serragem, no momento são 14 pipeiros abastecendo 306 pontos de captação de água (cisternas), além da Penitenciária Regional, da Superintendência de Polícia Civil e mais doze escolas.

Ela disse que a perfuração de poços não é a solução definitiva, uma vez que a água é salobra e vem provocando doenças renais na população.

Dodô informou que a administração municipal elaborou um projeto destinado à Funasa e que prevê a implantação de adutoras nos açudes de Lagoa do Arroz, Caiçara e Engenheiro Avidos para levar água tratada para os distritos de Azevém, Serra da Arara e Divinópolis, beneficiando dezenas de comunidades no percurso.

COM INFORMAÇÕES DO GAZETA DO ALTO PIRANHAS

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *