Política, Cotidiano, Esportes, Memória & afins

Lei municipal que libera venda de bebidas alcoólicas no Perpetão não terá validade caso seja sancionada

TATYANA
AM3 – 250×250

Foi realizada na manhã desta quarta feira (18) na sede do Ministério Público de Cajazeiras, uma reunião para discutir a segurança nos estádios de futebol e, principalmente, a liberação da comercialização de bebidas alcoólicas nesses ambientes.

Estiveram presentes o coordenador do Centro de Apoio de Cidadania e Direitos Fundamentais do Ministério Público da Paraíba promotor Walberto Lira, o comandante do 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar) coronel Éneas da Cunha Rolim, diretor do estádio Perpetão Luizinho Barroso, além de representantes da FPF (Federação Paraibana de Futebol) e dos clubes e torcidas de Cajazeiras.

Mesmo com todos os argumentos apresentados pelos que defendem a liberação, ficou decidido que continuará proibida a venda de bebidas alcoólicas no estádio Perpetão em dias de jogos, mesmo com o projeto aprovado pela Câmara Municipal na semana passada que, segundo o promotor foi uma decisão que extrapola as atribuições da casa, afirmou.

O promotor disse ainda que estará expondo ao prefeito José Aldemir Meireles a inconstitucionalidade da lei, e pedindo que o gestor a vete, evitando, assim, que seja ajuizada uma ação perante o Tribunal de Justiça, adiantou.

Ainda na reunião ficou definido que os portões só serão abertos ao término dos jogos. Outro ponto acordado na reunião é que o torcedor poderá entrar e sair livremente do estádio, porém, ao sair, para entrar novamente, será necessário que adquira um novo ingresso.

BLOG DO FURÃO
TATYANA
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.