Categorias
CAJAZEIRAS REGIONAL

Juntos, Lagoa do Arroz e Boqueirão de Piranhas tiveram recarga de 2,8 milhões de m³ de água em abril

Com as chuvas caídas neste mês de Abril, que encheram rios, riachos e pequenos açudes sangraram os grandes mananciais finalmente tomaram água nas regiões de Cajazeiras e Sousa. Os rios Piranhas e do Peixe também começaram a tomar água. Em algumas localidades da zona rural, segundo informações de populares chegou a chover 130 mm, como foi o caso de Capoeiras Sul; Cajazeiras Velhas também registrou uma ótima chuva.

O riacho Santo Antônio em Cajazeiras que passa sob a BR-230, registrou a primeira cheia, a chuva da terça feira (11) foi de 55,1 mm. No distrito de Gravatá em São João do Rio do Peixe, choveu 207 mm; no sítio Timbaúba, os pluviômetros chegaram a registrar uma chuva de 110 mm. O açude São José (Açude da Cagepa) em São José de Piranhas, que já reabastece a cidade voltou a tomar água e chegou a 15% da sua capacidade.

O município que mais registrou volume de chuva foi Cachoeira dos Índios com 135 mm no dia 11 e, Bom Jesus com 49 mm. Depois dessas chuvas mais um período de estiagem está sendo registrado. Essa semana ainda não choveu. Essa água acumulada vem diminuindo em função do consumo das cidades, bem como, pela evaporação.

O açude de Boqueirão de Piranhas que abastece Cajazeiras, no dia 1º de Abril estava com 12 milhões 750 mil metros cúbicos de água, agora tem 13.596 m³, tomando 846 mil metros cúbicos de água nova.

Já o açude de Lagoa do Arroz, no dia 1º estava com 9 milhões 683 mil m³, e agora possui 11 milhões 718 mil metros cúbicos acumulados, tendo tomado bem mais do que Boqueirão. Tirando o que já foi consumido pelas cidades abastecidas pelo manancial (zona norte da cidade de Cajazeiras), Santa Helena, São João do Rio do Peixe e Bom Jesus. Os dois açudes acumularam dois milhões oitocentos e trinta e um mil metros cúbicos de água.

Veja o volume de chuvas deste ano nas cidades da região de Cajazeiras:

  • Cajazeiras – 681,4 mm
  • Cajazeiras/Boqueirão – 307,7 mm
  • Cajazeiras/Lagoa do Arroz – 561,5 mm
  • Bom Jesus – 664,6 mm
  • Bernardino Batista – 357,6 mm
  • Bonito de Santa Fé – 485,6 mm
  • Cachoeira dos Índios – 533,4 mm
  • Carrapateria – 225,3 mm
  • Joça Claudinoi – 176,0 mm
  • Monte Horebe – 490,6 mm
  • Poço José de Moura – 250,3 mm
  • Poço Dantas – 405,1 mm
  • Santa Helena – 525,8 mm
  • São José de Piranhas – 517,5 mm
  • São João do Rio do Peixe – 219,0 mm
  • Triunfo – 385,9 mm
  • Uiraúna – 349,5 mm
GAZETA DO ALTO PIRANHAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *